Congresso em Foco

Estatuto do Desarmamento levou à destruição em massa de armas em circulação no Brasil

Bancada da bala se reúne com Bolsonaro e Maia e articula revogação do Estatuto do Desarmamento

23.10.2018 21:34 4

Publicidade

4 respostas para “Bancada da bala se reúne com Bolsonaro e Maia e articula revogação do Estatuto do Desarmamento”

  1. ALMANAKUT BRASIL disse:

    Jornalismo que gosta de bandidos, quadrilhas, organização criminosas, fornecedores e consumidores de drogas optam por falar em Bancada da Bala, em vez de Bancada da Segurança Pública!

    É para não desagradar os companheiros?

  2. Fábio disse:

    Ana Luiza, seja bem vinda ao site e não siga a boiada: pense fora da caixinha esquerdista e terá muito sucesso na profissão. Assim lhe desejo.
    Quanto à reportagem, temos de considerar que o Estatuto do Desarmamento foi um absoluto fracasso, já que o número de homicídios e outros crimes com arma de fogo disparou desde sua vigência. Se uma política pública gera efeito oposto ao desejado, é preciso mudá-la. Ofende mesmo o bom senso pensar que desarmando as pessoas o número de crimes diminuiria. Claro que com as pessoas mais indefesas, os criminosos deitam e rolam. Além disso, foi desrespeitado o plebiscito de 2005 e a vigência do Estatuto é uma medida autoritária, violadora da vontade popular.
    Em lugar algum do mundo houve queda de índices criminais desarmando a população. Alguns dos países mais seguros do mundo têm índices altos de armamento civil, a exemplo do Uruguai e da Suíça. Nos EUA, onde o comércio de armas permite que se compre fuzil no supermercado em alguns lugares, as taxas de homicídio são pelo menos sete vezes menores que aqui.
    Para não falar da questão do armamento civil como direito de liberdade fundamental: as pessoas têm o direito natural inalienável de se proteger e também a seu patrimônio. Todos os regimes tirânicos desarmaram sua população, deixando-a indefesa para eventual resistência. Isso ocorreu com Hitler, Stálin e Chaves. Com o PT, de índole autoritária, não poderia ser diferente.

  3. Bento Sartori de Camargo disse:

    Tenho receio de ter que responder por homicídio de “politiqueiros safados” se possuir uma arma. Prefiro não ter pois no momento no país o que mais existe é politiqueiro patife desde Vereador até Presidente.

  4. Sérgio Salomon disse:

    O BANDIDO NO BRASIL USA METRALHADORA .50, A POLÍCIA É OBRIGADA A USAR ESTILINGUE(ATIRADEIRA OU BODOQUE) E O POVO É ASSASSINADO COVARDEMENTE POR BANDIDO ARMADO A FACA COMO ACONTECEU COM A QUELA SENHORA NO RIO DE JANEIRO QUE MORREU AO LADO DAS FILHAS. VAMOS DAR UM BASTA NISTO, O CIDADÃO TEM O DIREITO DE SE PROTEGER.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via