Congresso em Foco

Emenda pretendia excluir professores das novas regras da Previdência[fotografo]UFJF[/fotografo]

Quem votou contra os professores na reforma da Previdência

04.07.2019 20:16 47

Publicidade

47 respostas para “Quem votou contra os professores na reforma da Previdência”

  1. Luciana Munari Moleiro Ramos disse:

    SOMENTE QUEM ESTÁ NA SALA DE AULA sabe o que isso significa!!

  2. José Cícero Calheiros disse:

    Com a grande massificação das redes sociais, youtube principalmente, eu defendo que as pessoas tenham o direito de estudarem em casa. Não há mais a necessidade de se ter um professor presente para ensinar, e digo mais, hoje as aulas no youtube são mais atraentes do que as que são feitas em sala de aula. Sou professor e defendo isso, afinal a figura indispensável do professor presente já não é mais indispensável, os meios de comunicação mudaram, mas isso a maioria dos professores e pseudos pedagogos freirianos não querem, afinal tem o discurso de que ainda são importantes a convivência entre alunos e professores. Oras, se isso é verdade então não nos coloquemos como vitimas dos alunos, ou de quem quer que seja. Repito, não há mais necessidade de se ter um espaço físico fechado por quatro paredes e uma pessoa para explicar qualquer tipo de conteúdo. A internet deu liberdade ao conhecimento, podemos comparar a abolição da escravatura, uma vez que o conhecimento se libertou dos limites de um muro e das paredes de uma sala de aula.

  3. José Cícero Calheiros disse:

    Vamos lá.
    Sou professor há 21 anos, sempre ou vi e li a retórica de que professor é pobre coitado, que trabalha muito, que ganha mal, que é vítima dos alunos, e outras baboseiras.

    Primeiro, professor não ganha mal, como disse um ex governador de São Paulo, “Ganha muito para o que faz em sala”. Quem ganha mal são os maus professores, e mesmo estes em relação a grande maioria do povo brasileiro, ganha muito bem;

    Segundo, professor não trabalha muito, apenas 200 dias por ano e não trabalha 5h por dia;
    Terceiro, é um dos profissionais que mais se vitimizam, e sempre está preocupado na sua aposentadoria e regalias que a profissão nos permite;
    Quarto, como um ser pode exercer uma profissão que não gosta? Pro favor, será que não tem capacidade para outra escolha?
    Quinto, professor, no geral, trabalha efetivamente, a metade do tempo de um trabalhador que trabalha.

  4. Marckus Maximus disse:

    E OS IDIOTAS BOLSOMINIONS AINDA CRITICAM A ESQUERDA, VEJA O QUE OS PARTIDARIOS DO FASCISTA ESTAO FAZENDO.. E O PIOR QUE EXISTEM PROFESSORES QUE APOIAM ESSES FASCISTAS.

  5. Julio Santos disse:

    na verdade se o objetivo era acabar com todas as situações diferenciadas e igualar todos, para os professores deveria ter seguido a mesma regra de exceção dada aos políticos atuais com mandato, eles se concederam privilégios, qual seja a Reforma só vai atingir os próximos eleitos, eles vão continuar com os privilégios, no caso se esse bando de corruptos conseguiram manter seus privilégios, nada mais justo que fosse garantido aos professores que já estão no sistema as regras atuais de aposentadoria, valendo a reforma somente para os professores novos que ingressassem no sistema, o mesmo modelo deveria ser garantido aos políciais, pois não dá para aceitar situação diferenciada somente para esses políticos corruptos.

  6. Paula Dias disse:

    Claramente um regresso o que fazem com os profissionais do ensino. Praticamente ninguém mais quer ser professor pois a profissão está deprimente. Sou professora há 20 anos e literalmente não aguento mais. Pago a prestação do imóvel (com juros altos), faço uma compra básica de alimentos, pago combustível e volto pra casa dormir, vivo assim todo esses anos, trabalhando praticamente 3 períodos com alunos perturbados, mal educados, com problemas psicológicos e fico no cheque especial quase sempre. Nunca sairemos da condição de país subdesenvolvido enquanto professores não foram valorizados. Já estou procurando outra profissão…

  7. José Godoi disse:

    Todo que votam a favor da Reforma da Previdencia assim como inclusão dos Professores , são partidos de DIREITA. Logo quem votou nesses engulam calado.

  8. Maurício Destri disse:

    Que matéria mais patética e sensacionalista. Não se trata de votar contra os professores de maneira alguma. Todas as classes sem exceção estão tendo que abrir mão de algo para entrar na reforma. Nota zero pra vcs, principalmente para o título. Palhaços.

  9. champagne1963 disse:

    Ninguém votou contra os professores. Se votou pelo bom senso e igualdede de direitos. Isso e saudável.

    • José Godoi disse:

      E é , que tal estender para o Judiciario, Militares Politicos, Banqueiros. Vc nao tem vergonha de defender isso?

      • José Cícero Calheiros disse:

        Imbecil detectado.
        Banqueiros, Judiciário, políticos, kkkk…
        Você realmente tem problema,

        • Aleph disse:

          Imbecil detectado, que trabalha para o Miliciano na cadeira de presidente e repete o mesmo comentário em todas as respostas. Salnorabista é uma raça a ser estudada.

  10. Luis Magri disse:

    Toda profissao tem suas dificuldades ja fui professor mas todos tem que contribuir para tirar o pais da falencia que os governos populistas deixaram

  11. Mario Paulo Cassiano Paes disse:

    Ser professor é pior do que ser caminhoneiro? servente? Psicologo de um posto de saúde da periferia? médico?Dentista? faxineiro? etc… todos esses profissionais já tem que contribuir 35 anos para aposentar e professor 25??????
    Se atuar como professor é tão ruim, tem mudar de profissão!
    Ao meu ver tem que aposentar como qualquer outra profissão!!

    • José Cícero Calheiros disse:

      Te respondo. Não é muito melhor. Tem regalias, e estas devem ser combatidas.

      Aos que defendem os professores, vejamos como essa retórica de que o professor é um profissional desprivilegiado é falácia:
      1-
      Professor trabalha 200 dias por anos, ou seja, tem 166 dias de folga,
      incluindo as férias, que são de 45 duas por ano, recesso em julho e
      férias em janeiro;
      2- Professor trabalha no máximo 20h por semana,
      isto excluindo os que tem mais de um cargo, ou seja, o s que trabalham
      em escolas diferentes, pois os que trabalham com dois cargos no estado
      ou no município, estes trabalham mais por escolha, mas ainda assim, pela
      lei não pode trabalhar, em sala, mais que 40h por semana;
      3- No que
      diz respeito aos professores da rede federal, estes trabalham quase nada
      e ganham muito bem. Em média um professor da rede federal trabalha por
      ano 3 meses, e não me venham dizer que todos trabalham em casa, isso
      também é falácia;
      4- Se ser professor é ruim, como ja disseram, mudem
      de profissão, e mais se ganha mal, deve procurar algo que lhe der
      retorno financeiro adequado, mas com certeza vocês serão cobrados muit
      mais e digo isso por experiência própria.

  12. rogi Mac disse:

    Professor trabalha muito, precisa preparar as aulas, ter excelente didática, estar sempre 100%, aturar bullying (pq não é só entre alunos que existe), corrigir trabalho, prova, olhar caderno, agenda, participar da preparação de olimpíadas de determinadas matérias, de sarau, dias da família (pais, mães, avós etc.), reunião com pais, com coordenador, diretor e etc. A jornada de trabalho não se restringe a sala de aula em meio período. É dureza! Tem professores que fazem o difícil parecer fácil e por isso alguns se iludem achando que é brincadeira. Não existe férias de 3 meses, se colégios dão 1 mês de férias e outro de recesso, nada mais justo devido à carga pesada no dia a dia. E os recessos do judiciário, do MP, do Congresso; 2 Meses por anos mais férias; que quando precisam trabalhar nesses períodos o salário é dobrado; isso ninguém questiona, só pegam no pé do professor. Não sou professor pois não tenho esse incrível dom, apenas me coloco no lugar deles.

    • José Cícero Calheiros disse:

      Mentira detectada.

      Aos que defendem os professores, vejamos como essa retórica de que o professor é um profissional desprivilegiado é falácia:
      1-
      Professor trabalha 200 dias por anos, ou seja, tem 166 dias de folga,
      incluindo as férias, que são de 45 duas por ano, recesso em julho e
      férias em janeiro;
      2- Professor trabalha no máximo 20h por semana,
      isto excluindo os que tem mais de um cargo, ou seja, o s que trabalham
      em escolas diferentes, pois os que trabalham com dois cargos no estado
      ou no município, estes trabalham mais por escolha, mas ainda assim, pela
      lei não pode trabalhar, em sala, mais que 40h por semana;
      3- No que
      diz respeito aos professores da rede federal, estes trabalham quase nada
      e ganham muito bem. Em média um professor da rede federal trabalha por
      ano 3 meses, e não me venham dizer que todos trabalham em casa, isso
      também é falácia;
      4- Se ser professor é ruim, como ja disseram, mudem
      de profissão, e mais se ganha mal, deve procurar algo que lhe der
      retorno financeiro adequado, mas com certeza vocês serão cobrados muit
      mais e digo isso por experiência própria.

      • Aleph disse:

        Você já deu aula, José? Ou será que foi contratado para rebater o argumento de nós, professores nas redes sociais? Acho que a segunda opção, pois suas respostas são completamente vazias, sem argumentos.

  13. Churrumino disse:

    Não há dúvidas de quais partidos são contra a população brasileira! Afinal, não é de se imaginar que atores pornôs, “jornalista” cópia e cola, miliciano, pastores e etc vão saber o que é passar 40h semanais dando aula para 50 alunos, em várias escolas, tendo que corrigir prova, preparar aula, corrigir trabalho e várias outras atividades em casa. Lamentável.

    • José Cícero Calheiros disse:

      Mentira detectada,,,,,kkkkk

      Aos que defendem os professores, vejamos como essa retórica de que o professor é um profissional desprivilegiado é falácia:
      1-
      Professor trabalha 200 dias por anos, ou seja, tem 166 dias de folga,
      incluindo as férias, que são de 45 duas por ano, recesso em julho e
      férias em janeiro;
      2- Professor trabalha no máximo 20h por semana,
      isto excluindo os que tem mais de um cargo, ou seja, o s que trabalham
      em escolas diferentes, pois os que trabalham com dois cargos no estado
      ou no município, estes trabalham mais por escolha, mas ainda assim, pela
      lei não pode trabalhar, em sala, mais que 40h por semana;
      3- No que
      diz respeito aos professores da rede federal, estes trabalham quase nada
      e ganham muito bem. Em média um professor da rede federal trabalha por
      ano 3 meses, e não me venham dizer que todos trabalham em casa, isso
      também é falácia;
      4- Se ser professor é ruim, como ja disseram, mudem
      de profissão, e mais se ganha mal, deve procurar algo que lhe der
      retorno financeiro adequado, mas com certeza vocês serão cobrados muit
      mais e digo isso por experiência própria.

      • Churrumino disse:

        Mentira? Mostra o edital de algum concurso de professor que comprove as asneiras que está falando.
        1 – Ter recesso por causa de férias escolares não diminui o stress nem a rotina do professor no período letivo. E mais, nas férias escolares o professor ainda tem as atividades pedagógicas para fazer. No seu entendimento de “jênio”, teve o último dia de aula os alunos saem de férias junto com o professor. Mas e o fechamento das notas? E a tutoria dos alunos não aprovados? E o período de atribuição de aulas? E a coordenação pedagógica?
        Sua ideia é tão tonta quanto dizer que PM que está de plantão no quartel não trabalha, só trabalha no momento que tem um chamado.
        2 – E você acha que trabalhar em sala de aula 40h é fácil? O professor já tem a programação da aula pronta? O professor não precisa corrigir prova e trabalho? Mesmo que fosse 40h por semana dentro da sala de aula, sem se preocupar em corrigir prova, trabalho, programar aula, coordenação pedagógica e toda parte administrativa, MESMO ASSIM, é uma das profissões mais exaustivas que existe, para uma sala com 40 alunos em média.
        3 – Você não sabe nem a diferença entre pesquisador e professor, não merece resposta para baboseiras.
        4 – Ser policial é ruim, por que não mudam de profissão? Ser atendente de caixa é ruim, por que não mudam de profissão? Ser trabalhador de fábrica é ruim, por que não mudam de profissão?

        • Minduin BR disse:

          Só para complementar, algumas atividades de professores universitários: Ensino, pesquisa e extensão, que inclui: preparação de aula, aula, projetos, relatórios, idas a seminários, congressos, encontros etc, participação em bancas de concursos, orientação de TCCs, publicação de livros e capítulos de livros, bancas de qualificação/mestrado/doutorado/pós-doutorado, atuar como chefia/direção/coordenação. Isso que eu me lembro de cabeça, E detalhe que o docente é meio que obrigado a assumir tudo isso, sob o risco de não progredir na carreira.

          Enfim, quem critica com tanto afinco será que viu um “currículo lattes” de “professor de rede federal”?

        • José Cícero Calheiros disse:

          Sou professor há 21 anos.

          Nenhum professor trabalha em sala 40h por semana, onde você viu isso?
          Sério que queres emplacar essa retórica com um professor como eu.

        • José Cícero Calheiros disse:

          Você realmente acredita nisso?
          Sou professor e digo isso com conhecimento de causa.

          Eu trabalho em casa, em seis meses já produzi 2 livros e estou escrevendo outros 2.

          Nos editais da rede federal consta 40h semanais, mas na realidade este trabalham 3 dias, aliás 14 aulas por semana, o que equivale a 700min, ou aproximadamente 11,8 horas por semana.E suas aulas, em sua maioria estão prontas. Não venha com argumentos que o tempo de preparo de aulas semanal é de 28h.
          Pare de se vitimar, para de dizer asneiras sobre ser professor, mentiras não colam mais.

          • Churrumino disse:

            Hahaha que mentira deslavada… Primeiro que você nem sabe qual é a realidade do ensino básico (objeto da reforma)… No ensino básico (salvo exceção de alguns estados) são 40h de sala de aula sim. Você, no máximo, da umas aulinhas em colégio técnico federal e tá se achando o exemplo de professor? Acorda. Se o seu caso for assim mesmo, o que duvido muito, é exceção da exceção. A maioria dos professores de educação básica precisam dar aulas em mais de um colégio para cumprir a carga horária. E a maior parte é dentro da sala de aula, e tem que preparar aula, corrigir trabalhos e provas em casa.
            Você deve ser tão professor quanto o Olavo de Carvalho hahaha

  14. Ernesto Rodrigues Radio Rolând disse:

    Quando um político é eleito, ele deve trabalhar para os interesses do povo ou para os interesses do partido? Digo isso porque olhando os partidos de quem votou contra e quem votou a favor, podemos perceber que defendem o interesse do partido.

  15. Minduin BR disse:

    O que esperar de um governo que elegeu o professor, o maior agente transformador da sociedade e quem nos apresenta o mundo, o inimigo nº1 da nação?

  16. Blumenau-SC disse:

    Vejam o título da matéria. “Quem votou contra os professores na reforma da Previdência”
    Quase não é tendencioso não é mesmo ? O UOL nem disfarça que se aliou aos vermelhos para sabotar a economia. Como se a reforma da previdência fosse só para os professores . Em comparação com os demais mortais eles até que vão se dar bem ? Os professores homens vão se aposentar aos 60 e mulher aos 57. Já os mortais serão aos 65 e 62. Sem falar que professores tem de 2 a 3 meses de férias por ano. As regras deveriam ser iguais pra todos. O corporativismo e populismo são desgraças iguais ou até piores que a corrupção

  17. Albenário José Brainsmaint disse:

    O Bolsomínion é um ser a ser estudado…
    Os assentos estão em Brasa, o País está afundando a uma velocidade incrível mas…Inexplicavelmente eles continuam a apoiar e a aplaudir as milícias cariocas e os generais de pijama que tomaram o poder no Brasil…
    Ou são robôs, pagos, ou são idiotas completos.

    • Blumenau-SC disse:

      Teu líder tá preso por corrupção e lavagem de dinheiro

    • Jota Cunha disse:

      O país está afundando sim, por causa dos governos que você, certamente, elegeu e ainda hipnoticamente apóia. Síndrome de Estocolmo. Interessante que antes não via o país graças a você e seus eleitos afundando. É um brinbrincalhão. Leia as notícias, a milícia está sendo atacada e os integrantes e chefes presos no Rio de Janeiro. Bom, acho que ver a realidade não é sua especialidade, mesmo.

    • Churrumino disse:

      Idiotas completos. São pobres intelectualmente, existencialmente e financeiramente. Acham que um dia serão ricos, pois viverão em um livre mercado (como se hoje fossem reprimidos). Mal sabem que o maior sonho de sucesso deles, a maior quantidade possível de dinheiro que eles imaginam ganhar, não fará nem cócegas no valor das 20 famílias mais ricas brasileiras, que tem 60% do PIB, e conseguiram essa fortuna com inúmeras atividades ilegais.
      Oh pobre bolsominion de direita, é a chacota internacional.

      • José Godoi disse:

        Pura verdade. Eu fico rindo dos que estão passando necessidade , falindo e perdendo a chance de ser um empresario , como quando tinha com o PT. Esse Brasil já era e so volta se o partido voltar.

        • José Cícero Calheiros disse:

          Sério, quais empresas:

          Odebrecht[8]

          OAS[8]

          Camargo Corrêa[8]

          Andrade Gutierrez[8]

          Queiroz Galvão[8]

          UTC Engenharia[9]

          Engevix[9]

          IESA Óleo e Gás[10]

          Toyo Setal[11]

          Mendes Júnior[9]

          Galvão Engenharia[8]

          Skanska[10]

          Promon Engenharia[10]

          E quem diz o contrário é que são acéfalos, me poupem.

          E antes que eu esqueça, 500 bilhões de reais devidaso pelo PT, também foi invenção da LAVA JATO….kkkkk

  18. Leandro Ernesto disse:

    A reforma da previdência só será aprovada se todos se sacrificarem. Não somente o povão. Isto é o justo.

    • Blumenau-SC disse:

      Concordo com voce. Veja o título da matéria. “Quem votou contra os professores na reforma da Previdência”
      Quase não é tendencioso não é mesmo ? O UOL nem disfarça que se aliou aos vermelhos para sabotar a economia. Como se a reforma da previdência fosse só para os professores . Em comparação com os demais mortais eles até que vão se dar bem ? Os professores homens vão se aposentar aos 60 e mulher aos 57. Já os mortais serão aos 65 e 62. Sem falar que professores tem de 2 a 3 meses de férias por ano. As regras deveriam ser iguais pra todos. O corporativismo e populismo são desgraças iguais ou até piores que a corrupção

    • José Godoi disse:

      Todos nós quem? Banquriros, Juizes, Politicos , Militares, Promotores e demais membros das castas? Professores é povão.

  19. Tool Lateralus disse:

    Não adiantou!
    Acabou a mamata!
    Parem de doutrinar esses idiotas inúteis…
    Dificil vai ser tentar ensinar a matéria, né?…Não sabem…

    • Troi Zepp disse:

      você é quem sabe, sr Tool amigo do zorro, ou seria toy?

    • José Godoi disse:

      Analfabeto politico . A mamata vai acabar logo logo, quando a esquerda articular com a população a Revolução que exterminara do Brasil esses parazitas como voce que quer viver as custas do povo, mesmo sendo pobres como vc que sonham viver assim.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via