Congresso em Foco

Segundo Sóstenes Cavalcanti, Onyx Lorenzoni prometeu que novo ministro da Educação só será anunciado depois do encontro de lideranças da bancada evangélica com Bolsonaro[fotografo]Leonardo Prado / Câmara dos Deputados[/fotografo]

Bancada evangélica tem direito a vetar ministro da Educação, diz deputado

22.11.2018 10:30 18

Publicidade

18 respostas para “Bancada evangélica tem direito a vetar ministro da Educação, diz deputado”

  1. Teresinha Winter disse:

    Era só o que faltava. De novo, religião se metendo em política. Há muitos e muitos anos, a igreja católica foi afastada dos governos, porque não dava certo mesmo. Agora vêm essas igrejas evangélicas, como se fossem donas do país. Primeiro, tem de registrar essas igrejas, que a gente nem sabe quantas são. E segundo, elas TÊM DE PAGAR IMPOSTOS, como todo mundo paga. Todas as igrejas, sim. Movimentam MILHÕES, quem sabe até BILHÕES de reais. E não pagam nada. Vamos lá, todo mundo pagando aí!!! E queremos saber quantas são. Formalização das igrejas, que hoje em dia é uma gandaia.

  2. Ailton disse:

    As forças armadas tem que fechar essa joça!

  3. eder wagner disse:

    das piores doenças existentes hoje, depois do cancer e aids, “ser evangelico” é uma das piores

  4. Adlai P Marques disse:

    A religião não é a causa de muitos conflitos, mas a causa de muitos que não tem autorização nem para bater à porta do céu falar e fazer asneiras. A religião e ideologia são simplesmente os meios através dos quais o homem exerce a maldade que há dentro de si.

  5. Max Müller disse:

    Isso ainda vai virar guerra civil, se o Brasil não se transformar, de vez, num Estado Teocrático Fundamentalista Cristofascista.

  6. Tool disse:

    Vou votar no bolsonaro porque ele não tem rabo preso com ninguém! tá certo.

  7. paulo1968 disse:

    Pelo menos uma educação de verdade, com debate, idéias, história, filosofia, discussão, convívio de diferenças. o Bozonaro já se enrola todo dando ouvido a essa bancada. E indicando ministros investigados, réus..

  8. Fábio disse:

    Meu sonho é a extinção do Ministério da Educação, entulho fascista legado pelo ditador Getúlio Vargas.
    Ministério da Educação lembra Ministério da Verdade do 1984. Surgiu com a mentalidade autoritária de centralizar todas as decisões educacionais em uma burocrata estatal. Não tem como dar certo e oprime a liberdade.
    E não se esqueça: imposto é roubo.

  9. mariossergio disse:

    Como assim, “vamos virar todos talibãs”? Eles já são! Eles nos querem imputar suas crenças como se eles fossem os donos da verdade!

    Religião, religião. Estado, Estado. Não podemos misturar as coisas.

  10. Jeferson Matos disse:

    Votei no Bolsonaro no 2° turno pra barrar as sandices do PT. Mas não vou admitir que a tal bancada fanática evangélica decida os rumos da educação desse país. Bolsonaro, seja homem e não se curve aos interesses fundamentalistas desses imbecis.

    • Fábio disse:

      O problema é a própria existência do ministério e a ideia de que nossa educação deve ser controlada e dirigida por burocratas. Ministério da Educação é algo totalitário.

    • Mario disse:

      Sandices do PT…. vai vendo….. acordando agora companheiro ? Pq ele não se curvaria ? São os patrões dele !

    • Roberto Cunha disse:

      Mas o Bozo dizia que não negociava cargos … e teve gente que acreditou. Ah, mas ele tb falava muito mal do BOLSA FAMÍLIA … Vale tudo !!!

  11. Galileu disse:

    Bolsonaro precisa focar e decidir o que seja melhor pra sociedade,já que foi parte dela que o elegeu, e seu governo é por toda ela.Não foi bancada que fez dele presidente.

  12. Natanael disse:

    Misturar política com religião tem sido um grande problema no mundo todo e aqui já começa a dar problema. Virar talibã? Uma ameaça de quem sabe o poder que tem, infelizmente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via