Congresso em Foco

Para afagar o mercado, o Planalto convenceu Lira a pautar para a próxima semana a votação do projeto de autonomia do Banco Central [fotografo]Portal Brasil[/fotografo]

Rombo no setor público cresce mais de 1.000% e chega a R$ 703 bilhões em 2020

29.01.2021 11:28 6

Publicidade

6 respostas para “Rombo no setor público cresce mais de 1.000% e chega a R$ 703 bilhões em 2020”

  1. Edison Sampaio disse:

    O Povo não agüenta manter o alto funcionalismo. Juízes chegam a ganhar R$200 mil por mês. Às vezes recebem R$800 mil. E os procuradores, promotores, ministros… É um gasto incrível, inconcebível. O Estado se tornou um monstro sobre a cacunda do contribuinte. Urge uma reforma administrativa, cortando mordomias; extinguindo cargos, mormente os maledettos comissionados; reduzindo pela metade a quantidade absurda de parlamentares, nos níveis estadual, municipal e federal; cortando cartões corporativos; limitando a assistência médica apenas aos titulares, esposa e filhos menores de idade… Enfim, diminuindo o tamanho gigantesco do Estado. Especialmente, há q se ter coragem e vontade política para instituir um corte automático de todo salário q exceda ao teto. O q passou do teto o sistema corta automaticamente. Afinal, vivemos uma situação extraordinária. E para quê servem essa miríade de minúsculos Municípios, antes Distritos, salvo para produzirem despesas com prefeitos, vereadores, secretários, chefes, burocratas inúteis? Extinção dessas inutilidades já ou morreremos sob o peso dessa gente

  2. Jorge Teixeira Carneiro disse:

    Isso que dá distribuir dinheiro sem critério, bolsa pandemia, bolsa família. perdularismo com o dinheiro dos impostos do contribuinte.
    Não é o Brasil que está quebrado. é o Estado Brasileiro.
    A roubalheira, a incompetência, o desperdício e o perdularismo acabaram com o dinheiro dos impostos.
    Agora ferrem-se.
    Quem puder se manda desse put&ir0.

    • Fabio Martins disse:

      o “bolsa pandemia”, que o presidente queria que fossem só duzentinho, foi uma medida populista dele, que sempre foi contra qualquer benefício social, mas JUSTO, pois milhões perderam o emprego e/ou fonte de renda (o caso de MEIs, micro e pequenos empresários), já que pagamos a mais alta carga tributária do planeta.

      Já o BOLSA EMPRESÁRIO, aquele ‘programa” que perdoa dívidas bilionárias das maiores empresas do país em encargos trabalhistas, multas ambientais e previdência, governo algum abre mão

    • Edison Sampaio disse:

      Não diga isso, colega. Muito antes teremos é q ferrar essa gente inútil q está nos ferrando. Sou a favor de um Estado mínimo, eficiente, q atenda com qualidade umas 5 ou 6 áreas importantes, como Saúde, Educação, Segurança e Infraestrutura. Estado não é para dar lucros. Meu desejo é privatização ampla, geral e irrestrita.

    • O Capitalista disse:

      E ainda compra lata de leite por 150 reais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via