Congresso em Foco

[fotografo] Agência Brasil [/fotografo]

Os biombos da desestruturante dívida pública federal

14.06.2018 14:00 8

Publicidade

8 respostas para “Os biombos da desestruturante dívida pública federal”

  1. Bento Sartori de Camargo disse:

    O país só avançará quando a “máquina pública” copiar a gestão da iniciativa privada, onde não há espaço para incompetência, os cargos são preenchidos por profissionais altamente qualificados e com grande bagagem de resultados. E o mais importante: quem é o concorrente do estado?, simplesmente não existe, já na iniciativa privada se o empresário não competir, será engolido pelo concorrente e é exatamente o que não há na Gestão Pública.

    • Fábio disse:

      Só faço uma ressalva: o Estado não deve sequer competir, deve deixar a iniciativa econômica com os próprios cidadãos, mas se competisse já seria um avanço em relação ao monopólio hoje existente.

  2. Fábio disse:

    É preciso reformar a previdência (maior razão do déficit fiscal), privatizar estatais, cortar privilégios e diminuir sensivelmente o tamanho do Estado. De quebra, os cidadãos ficarão mais livres e teremos prosperidade econômica, além de sermos menos roubados.

    • helena disse:

      Tem é que expropriar e botar na cadeia todos os banqueiros deste país e seus apoiadores gratuitos ou bem remunerados, bobos ou mal intencionados, como o comentarista acima…

      • Fábio disse:

        Banqueiros? Aqueles que tiveram lucro recorde no governo petista?

        • helena disse:

          Exatamente Fábio! Aqueles que tiveram lucro recorde nós governos Collor, FHC, Lula, Dilma, Temer… E na ditadura tb… Em TODOS, porque eles mandam em todos os governos
          Enviada do meu iPhone

          • Bento Sartori de Camargo disse:

            Exato helena, os bancos são instituições que obtém “lucros de agiotas” pois quando apuram o seu balanço, o que anunciam sao lucros nunca de “mi” mas sempre de “bi” dos bilhões de lucro líquido. Fica a pergunta: todo esse absurdo lucro mas “produzindo o que?”. Qual empresa do ramo de indústria realiza esse volume de lucro líquido no ano?. Mais um gigantesco ” erro de conceito”. Lamentável!.

        • Walldemar Sobrinho disse:

          O governo brasileiro também é banqueiro, a CEF e o BB praticam taxas de juros até maiores que os bancos privados em muitas das vezes. Como fazer, neste caso ?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via