Congresso em Foco

Ministro de Estado da Economia, Paulo Roberto Nunes Guedes [fotografo] Marcos Corrêa/PR [/fotografo]

Líder do Podemos: “População vive da feira, não de juros como acha Guedes”

24.01.2020 19:12 3

3 respostas para “Líder do Podemos: “População vive da feira, não de juros como acha Guedes””

  1. Valdir disse:

    É fácil aumentar o salário mínimo. É só o Congresso aprovar uma lei que limite o teto do salário do setor público em 15 Salários Mínimos!
    Rapidinho, na calada da madrugada eles aprovam um Salário Mínimo de R$ 4.000,00!

  2. RômuloJ. Vieira disse:

    Se a macro economia não andar, é o pobre que sempre vai pagar a conta, rico é rico desde a época que Jesus andou por aqui, e sempre souberam e tinham condições de se defender em épocas de crise, o pobre não!…O líder do Podemos tem outra sugestão?…A Ex Pres. Dilma caiu por dar cheques sem fundo, vulgo “pedaladas fiscais”, agora com esse orçamento impositivo, estão doidinhos pro Pres. Bolsonaro fazer a mesma coisa, e lhe tacarem um impeachment nos mesmos moldes!!!

  3. Silas A. Santos disse:

    Uai…. Mas, não foi o “podemos” que apoiou o bozo ??? Todo mundo sabia que se o bozo ganhasse, o seu “ministro” da economia seria o paulo judas…. banqueiro profissional…
    Acordou agora deputado, ou é só MÉDIA ????

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via