Congresso em Foco

Marcos Cintra diz que fim da tributação sobre a folha de pagamento criará milhões de vagas de emprego[fotografo]Zeca Ribeiro/Câmara[/fotografo]

Governo quer acabar com tributação sobre folha salarial, diz secretário da Receita

30.03.2019 09:51 3

3 respostas para “Governo quer acabar com tributação sobre folha salarial, diz secretário da Receita”

  1. Sérgio Dubiniak disse:

    Estou com o Valdir…..
    Governinho sem vergonha…..taxar o o débito e o crédito é fácil…..
    Porque não mexe nas aposentadorias públicas…..porque somente eles tem aposentadoria integral….o quanto eles pagam de inss para terem estes privilégios….o coitado do contribuinte (privado) tem em vencimentos descontados o inss e muitas vezes não repassados a previdência (apropriação indébita)….
    Para mim estes governos são todos corruptos….ladrões….sempre pensando no próprio umbigo…..
    Esta para nascer neste brasil um intelectual que pense no povo…..que acabe com todas estas manobras……
    VIVA O BRASIL…..

  2. Kaike Jackson disse:

    Eu entendi direito? Quando eu passar 1000 reais no débito eu perderei 28,10 p o governo? “Segundo a ideia de Cintra, a Receita cobraria uma alíquota de 5,62% sobre todas as transações bancárias (2,81% taxadas no débito e 2,81% no crédito)”.

  3. Valdir disse:

    O rumo está correto. O que precisa para tudo dar certo é:
    1 – Fechar o STF;
    2 – Prender todos os corruptos, inclusive os que estão com mandato;
    3 – Limitar o teto salarial do país em 30 salários mínimos (vincular mesmo);
    4 – Acabar com aposentadoria integral e paritária dos servidores públicos (legislativo, executivo e judiciário). Todos no Regime Geral;
    5 – Acabar com os privilégios dos servidores públicos (legislativo, executivo e judiciário), como, “auxilio mudança”, “auxílio moradia”, “auxilio educação para filho de magistrados”, “auxilio paletó”, Bônus por produtividade (não fazem mais que a obrigação, e pior que essas remunerações entram no cálculo das aposentadorias), etc.
    O povo não aceita mais pagar mordomias a seus “empregados” e ficar na miséria.
    MUDA BRASIL!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via