Congresso em Foco

Jair Bolsonaro está incomodado com o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco [fotografo] José Cruz / Agência Brasil [/fotografo].

Bolsonaro troca presidente da Petrobras. Empresa perde R$ 28 bi em um dia

19.02.2021 19:51 10

Publicidade

10 respostas para “Bolsonaro troca presidente da Petrobras. Empresa perde R$ 28 bi em um dia”

  1. Jorge Teixeira Carneiro disse:

    Eu acho errado intervir em estatal.
    Mas uma empresa monopolística não pode aumentar o preço do produto que vende em 37,5% em 2 meses.
    Nada subiu desse jeito, nem o dólar, que seria a justificativa.

    • Edison Sampaio disse:

      Pois é, Jorge, mas a Petrobras é empresa de capital aberto. Tem milhares de acionistas, incluindo aí a União. A Direção segue as regras de mercado. O melhor que a União faz é vender suas ações e deixar tudo para a iniciativa privada. O Estado não tem que se meter nisso, não é para dar lucro. Dia desses, fui dar uma olhada e fiquei impressionado com a multidão de empresas estatais, fundações, serviços, autarquias… uma infinidade de empresas que são penduricalhos da União, Estados e Municípios, sendo que não há retorno algum, porque tudo é desviado ou mal empregado. Lembre-se do caso de Pasadena, comprada com um superfaturamento de US$ 659,4 milhões pela Dilma, que nem levou em conta o estado deplorável da usina (depois a Petrobras vendeu aquilo para a Chevron, me parece, com um prejuízo lascado…). Ou seja, o Estado sempre foi um péssimo gestor e já faz muito se se preocupar com Saúde, Educação, Segurança e Infraestrutura, mais uns 2 ou 3 serviços e pronto. O resto é dar de graça pros outros que ainda é melhor do que ficar servindo de cabides de emprego para a vagabundagem. Esse Bolsonaro aí, que se dizia liberal, deseja apenas perpetuar a mesmice de sempre, tudo com interesses escusos. Sou a favor da privatização ampla, geral e irrestrita.

  2. Edison Sampaio disse:

    Não sei… Mas acho que o prazo de validade do Capitão Encrenca aproxima-se do vencimento.
    Em campanha, o Cloroquina dizia-se anti-corrupção e até aproveitou-se do prestígio de Moro. Por fim, foi um golpe (!) aplicado contra o juiz da Lava Jato, pois o retirou do caso com falsas promessas, contando com a vaidade de Moro, que trocou um pombo na mão por dois voando. Foi só Moro levantar o tapete que escondia a sujeira que sua permanência desandou. O Encrenca, portanto, bravateou com seus eleitores qdo prometeu empenho contra a corrupção. E assim ocorreu com outros casos e outras áreas. Agora mesmo, na Economia, enrola o Povo dizendo-se privatista, mas é um tremendo estatista. Guedes serve para quê? Contenta-se com uma merreca de 30 ou 40 mil de salário, sem que ele precise disso, pois é muito rico. Não deixará legado algum. Na Saúde, é o que vemos e nem é necessário comentar. Quem relampejou algum brilho perto do Encrenca, foi despachado para fora do governo, pois o Encrenca é um tremendo complexado, um frustrado, quase um Daniel Silveira… Bolsonaro não tinha nada que se meter com com a Petrobras, que é uma empresa de capital aberto… Trouxe um prejuízo enorme… Na verdade, é uma espécie de Dilma Rousseff…

  3. RômuloJ. Vieira disse:

    Não deveria trocar o presidente da estatal, deveria vender essa estatal inteira, eu como um brasileiro comum, sou um “acionista” dessa coisa “pública” e não faria a menor diferença saber que a gasolina que uso vem de empresas que não são “nossas” e que na realidade se transformou em um vetor de impostos de todos os tipos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via