Congresso em Foco

Amanhã pode ser outro dia

23.06.2018 08:30 3

Publicidade

3 respostas para “Amanhã pode ser outro dia”

  1. Fábio disse:

    Algumas notas:
    1) Em um país de cidadãos desarmados, policiais subarmados e bandidagem super armada, somos como coelhos em uma caçada. A solução? O bom senso diz que é a revogação do Estatuto do Desarmamento, feito à revelia da opinião popular expressada no plebiscito (e por isso inconstitucional), mas, segundo Marcelo Freixo, o problema se resolve com iluminação pública. Curioso é que ele não troca seus seguranças pessoais por lâmpadas;
    2) 60 mil mortes é um absurdo, mas militantes do PSOL espantados com isso? Ora, a distopia genocida socialista matou cem milhões no século passado;
    3) O Marivaldo já assinou vários textos por aqui, alguns com ajuda de amigos, mas até agora não conseguiu explicar como o PSOL deseja combinar “socialismo” e “liberdade”. É possivelmente a legenda com a sigla mais incoerente de que já se teve notícia.

    • ezequiel-sp disse:

      Fábio, eu sou contra a pena de morte, sou a favor do desarmamento da população, mas no atual estágio da nossa sociedade, (ainda em construção), sou a favor delas por um simples motivo: “freio moral”. A bandidagem e as pessoas que adoram o socialismo precisam ter medo de alguma coisa. Se não sabem respeitar o próximo nem as instituições que tenham medo de tomar uma bala ou de uma cadeira elétrica. As leis brasileiras são muito frouxas e foram afrouxadas depois de 2002.Enfim. Estamos numa sociedade em construção e o que a esquerda quer é deturpa-la pra obter dividendos políticos. Isso é fato. É só pesquisarmos um pouquinho a respeito pra ver como é o “modus operandi” deles..O resto é “mantra” da cartilha socialista/petista

  2. ezequiel-sp disse:

    Um dos fatores do aumento da violência no Brasil foi o “afrouxamento” das leis que a Dilma assinou junto com a redução de tempo qdo condenados, também assinado pelo PT. Fora que nossas leis são fracas e ninguém as respeita com a certeza da impunidade. Os reféns? As pessoas de bem que perdem a vida pq tentou arrancar com o carro pra fugir de um assalto e os bandidos impiedosamente atiram por isso. O PT também foi contra a redução da maioridade penal..Será que as pessoas foram anestesiadas e não conseguem enxergar isso?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via