Rio, DF, São Paulo, Ceará e Amazonas caminham para transmissão acelerada do covid-19

Em coletiva na tarde deste sábado (4), técnicos do Ministério da Saúde atualizaram as informações do novo coronavírus no Brasil: há 10.278 casos confirmados em todo o país e 432 mortes. Houve aumento de 20% no número de óbitos de ontem para hoje.

A região Sudeste concentra o maior número de casos – 6.295 (61,2% do total). O Distrito Federal tem a maior incidência de casos entre as unidades da Federação.

Hospitais privados acionam STF sobre confisco de produtos e equipamentos

Segundo o secretário-executivo, João Gabbardo, há cinco estados que precisam ser observados com atenção especial neste momento: Rio de Janeiro, Distrito Federal, São Paulo, Ceará e Amazonas.

A preocupação com esses estados se deve ao fato de serem locais que recebem grande número de pessoas vindas do exterior. Os cinco estados e o DF estão passando, na avaliação da pasta, da primeira para a segunda fase de transmissão: de transmissão localizada para transmissão acelerada. As duas últimas fases são desaceleração e controle.

Ministério da Saúde recomenda o uso de máscaras caseiras. Veja as orientações

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!