Drauzio Varella: inação de conselhos de medicina na pandemia é inaceitável

Para o cancerologista Drauzio Varella, pioneiro no tratamento da aids, a postura dos conselhos de medicina diante da pandemia de covid-19 é "inaceitável".

“Nós temos a maior ameaça à saúde pública nos últimos 100 anos, e você não ouve uma palavra dos conselhos de medicina? Não dizem qual a posição deles? Nenhuma orientação aos médicos? Nenhuma palavra, com quase um ano de pandemia? É inaceitável”, disse.

A avaliação de Drauzio está em reportagem de Leonardo Martins publicada nesta quarta-feira (27) pelo The Intercept Brasil.

Com base em relatos de ex-conselheiros do Conselho Federal de Medicina (CFM) e de órgãos regionais como o Conselho Regional de Medicina de São Paulo (Cremesp) - o maior do país -, o texto cita como a inação das entidades revela um alinhamento ao governo de Jair Bolsonaro.

Ao se omitir e sem se manifestar clara e objetivamente sobre grandes questões da pandemia - como o "tratamento precoce" (comprovadamente ineficaz contra o novo coronavírus) e a organização da campanha de vacinação - os conselhos contribuem com a disseminação de anticientíficas ou mentirosas.

Leia aqui a reportagem completa do The Intercept Brasil. 

Continuar lendo