Bolsonaro receberá título de cidadão do Amazonas, estado pivô da CPI da Covid

A Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) aprovou nesta terça-feira (20) projeto de lei do deputado Delegado Péricles (PSL) que concede ao presidente da República, Jair Bolsonaro, o título de cidadão amazonense. A proposta foi apresentada e aprovada em regime de urgência em poucas horas.

As ações e omissões do governo federal no combate à pandemia, especialmente no Amazonas, são ponto central das investigações a ser feitas pela CPI da Covid, a ser instalada na próxima terça-feira (27) pelo Senado Federal. No início do ano, Manaus vivenciou um dos mais trágicos momentos da crise sanitária no país. A falta de oxigênio e o sistema de saúde em colapso levaram à morte de dezenas de pacientes, muitos deles sufocados, sem a estrutura de atendimento necessária.

No projeto, o deputado estadual não cita nenhuma ação específica de Bolsonaro justificando o título a ser concedido. O parlamentar cita apenas a trajetória política do presidente até ser eleito ao Planalto em 2018. Leia a íntegra:

O texto foi aprovado por ampla maioria. De acordo com o G1, dos 24 deputados estaduais, três não estavam presentes, e 19 apoiaram conceder o título a Bolsonaro. Serafim Correa (PSB) foi o único a votar contra a medida.

"O presidente Bolsonaro não tem sido amigo da Amazônia, do Amazonas e nem de Manaus. Ele subestimou a pandemia, ele não comprou vacina quando era para comprar, o senhor ministro negligenciou na crise do oxigênio, e tudo isso tem trazido sofrimentos para o nosso povo [...] A Zona Franca segue sendo atacada e o ministro Paulo Guedes faz cara de paisagem", criticou Correa.

O deputado Dermilson Chagas (Podemos) chegou a fazer críticas ao governo federal, mas, na votação, se absteve. "Do jeito que o presidente se comporta, simplesmente dói para nós, cidadãos amazonenses [..] Qual é a política de desenvolvimento do Bolsonaro para o Brasil, para o Amazonas?", afirmou. Ao dizer que iria se abster, o parlamentar ponderou ter esperança de que, ao vir ao estado receber a honraria, Bolsonaro não use a ocasião para fazer campanha política.

As redes sociais do Delegado Péricles, autor do projeto de lei, deixam clara a postura de fiel bolsonarista do parlamentar. Na discussão da proposta na assembleia e também nas redes sociais, após a medida ser aprovada, o deputado exaltou o o presidente da República dizendo que o título de cidadão do Amazonas é um "reconhecimento justíssimo por todo o trabalho já realizado por ele pelo nosso estado".

O deputado estadual ajuda a ecoar no estado pautas defendidas pelo governo federal. O parlamentar foi um dos defensores da ampliação do escopo da CPI da Covid para que o foco não fosse apenas a atuação de Bolsonaro.

Na mesma linha do discurso do presidente da República, Péricles, por exemplo, cita que o governo federal tem cumprido seu papel ao distribuir as vacinas contra a covid-19. A demora na vacinação da população seria por falhas dos gestores estaduais ou municipais. Em plenário, o deputado afirmou que o Ministério da Saúde já destinou ao Amazonas quase 1,5 milhão de vacinas, mas que menos de 500 mil doses teriam sido aplicadas.

Perícles é presidente de uma CPI instaurada em maio do ano passado pela Aleam para apurar os gastos na saúde durante a pandemia gerada pelo coronavírus. Em janeiro, ele entregou pessoalmente ao então ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, relatório com os resultados do trabalho da comissão

A dose extra de má gestão e corrupção, sem dúvida, foi o agravante pra que chegássemos ao caos vivenciado hoje na saúde...

Publicado por Delegado Péricles em Quarta-feira, 27 de janeiro de 2021

Fiel bolsonarista

Em seu perfil no Facebook, o deputado amazonense possui um rol de postagens em defesa de Bolsonaro. Péricles chegou a convocar a população a, no meio da pandemia, participar de manifestações em apoio ao governo federal.

Além de fotos com o presidente, há registros do deputado com o filho de Jair, Eduardo Bolsonaro, deputado federal (PSL-SP), a quem Péricles chama de "amigo". As postagens também mostram o trabalho do deputado estadual na criação do Aliança, partido político que Bolsonaro pretende fundar. Nos registros aparece até mesmo foto de Péricles com também bolsonarista deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ), que está preso em regime domiciliar. Veja algumas das fotos:

Eduardo Bolsonaro em café da manhã com Delegado Péricles, foto postada em setembro de 2020
Reprodução/Facebook
O então ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, e o deputado estadual em foto postada em setembro de 2020
Reprodução/Facebook
O deputado federal Hélio Lopes (PSL-RJ) e Delegado Péricles, em foto postada em agosto de 2020
Reprodução/Facebook
O deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) e o deputado estadual em foto postada em agosto de 2020
Reprodução/Facebook

Continuar lendo