Congresso em Foco

leg

Vídeo: Bolsonaro dá voz de prisão a estudantes que o chamaram de homofóbico

03.08.2016 14:28 25

Reportagem Em
Publicidade

25 respostas para “Vídeo: Bolsonaro dá voz de prisão a estudantes que o chamaram de homofóbico”

  1. Hilton Fraboni disse:

    Pronto! Elas já tiveram seus minutos de fama, vão aparecer em alguma midia fantasma e tchau!
    Perseguir o deputado virou canal de fama.

  2. Gabriel Souza disse:

    Uma coisa é protestar, outra é fazer um crime. Se você imputar alguém de homofobia sem provas de que a pessoa tem ódio de gays é crime sim, em programa de tv os caras ja sentaram até no colo dele. Bolsonaro ta certo nessa se comecar a mandar o pessoal pra cadeia e processar a todos logo vão parar de mexer com a fera.

  3. Christian Matheus disse:

    Finalmente ele fez algum coisa contra esses ativistas…
    So pela frase dessa dupla (timão e Pumba), da pra perceber que são 2 grandes mentirosas: “aquele deputado machista, que diz que mulher merece ser estuprada”.
    Tem merda no ouvido “timão”? Kkkskkskks chama todo mundo do PSOL aqui, tipo, rápido! Akjaksjskajsksja

  4. jardel disse:

    Bem feito para essas duas antas analfabetas funcionais. Quem sabe assim ficam mais espertas e pensem um pouco antes de sair por aí repetindo asneiras de esquerdopatas. E ainda se fazem de vítima.Foram pedir dinheiro para político – nosso dinheiro, desrespeitam um parlamentar a ainda reclamam. R-I-D-Í´C~U~L-OOOOOO!!!!!!

  5. Alexandre Silva disse:

    Jair BOÇAL NATO.

  6. The_Max disse:

    E ainda ficaram indignadas.
    Quer protestar? Ótimo, mas aguentem as consequências.

  7. regina lian disse:

    Pensei que ele ficaria feliz! É o que se orgulha em ser não é?????

  8. Valdir disse:

    Nós podemos xingar, agredir, humilhar, quebrar o que quisermos, falar o que quisermos, pois somos negros, índios, invasores de propriedades particulares. Nós somos os comunistas e podemos tudo. E quem reage às nossas agressões são fascistas, ditadores, homofóbicos, blá, blá, blá, blá, blá, blá……
    Já estou envergonhado de ser descendente de escravos, só por causa dessa raça que vive nos envergonhando, agindo como baderneiros, apoiando-se no fato de serem negros.

  9. David Emanuel De Souza Coelho disse:

    Normal. Bolsonaro sente saudades da ditadura, então é normal que ele adore abusar de seu poder.

  10. PedroPatifeNeto disse:

    olha a cara dessas maconheiras!

  11. Alibaba disse:

    Chama o PSOL kkkkkkkkkk

  12. Alibaba disse:

    E as esquerdalhas ainda tem a cara de pau de se vitimizar kkkkkkkkk

    • Felipe disse:

      Macho mesmo é o Bozonaro que chama a polícia(!) porque ficou ofendidinho com xingamento de estudantes.
      Super tem o que fazer o vagabundo parlamentar fanfarrão que a 30 anos suga do governo e aprovou um mísero projeto.
      Tá “serto”.

      • Alibaba disse:

        Ué, é até raro ver o Bolsonaro fazer isso. Geralmente ele tira sarro, mas elas devem ter irritado muito ele, se nem a Maria do Rosário ele processou.

      • Antonio Sobral disse:

        Felipe, o brasileiro precisa esquecer essa ideia de que a função dos deputados e senadores é fazer lei nova (ou “aprovar projeto”, como você disse). Talvez mais importante do que aprovar novas leis seja rejeitá-las.
        A função do Congresso Nacional (nosso parlamento) é debater as proposições (“projetos”) de novas leis – dentre outras funções, mas estamos falando apenas de criar leis. Pense bem, se cada deputado e senador aprovar um projeto de lei de sua autoria durante o mandato, teríamos 594 inovações no código legal brasileiro. Isso seria considerado um caos em qualquer país do mundo, pois novas leis demandam várias adequações na sociedade, muitas delas com altíssimo impacto financeiro.

      • robson disse:

        TÁ SERTO?
        NÃO SERIA CERTO?
        PUTA QUE PARIU ANALFABETO.
        VOLTA PARA O ENSINO MÉDIO PELO AMOR DE DEUS.

        • Felipe disse:

          Volta você, que não entendeu a figura de linguagem chamada ironia. Saber colocar as letras no lugar certo é o mínimo. Saber ler é uma questão de compreender o que está escrito para além do nível mais raso

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via