Congresso em Foco

Governo assume privilégios para beneficiar, através da meritocracia, as altas patentes. [fotografo]Marcos Corrêa / PR[/fotografo]

“O Exercito não matou ninguém não”, diz Bolsonaro sobre fuzilamento de músico no Rio

12.04.2019 16:31 4

Reportagem Em

4 respostas para ““O Exercito não matou ninguém não”, diz Bolsonaro sobre fuzilamento de músico no Rio”

  1. Fábio luis alvarenga disse:

    Segundo o Bozo:”O Exercito não matou ninguém não. O Exército é do povo. Não pode acusar o povo de assassino, não. Houve um incidente”. Logo pode-se interpretar que, por Adélio Bispo, também ser do povo, não pode ser acusado pela tentativa de seu assassinato? A facada foi apenas um incidente? Ou a vida do Sr. Jair M. Bolsonaro, candidato a presidência à época, vale mais do que a vida do músico Evaldo dos Santos Rosa, marido, pai, filho, genro, irmão e amigo?

    • BrSol disse:

      Se fosse assim o Esfaqueador do Bolsonaro seria responsabilidade de toda a ESQUERDA, uma vez que ele já foi filiado ao partido PSOL! e o que dizer daqueles dois que mataram o Cinegrafista da Band ,o Santiago Andrade, durante uma passeata do MOVIMENTO PASSE LIVRE, a culpa é do movimento e eles vão indenizar a família do cinegrafista?

      • Fábio luis alvarenga disse:

        BrSol, acho que você não deve ter entendido direito, não estou defendendo o Esfaqueador de Bolsonaro não, como também acho INDEFENSÁVEL a atitude do exército, o problema é o presidente após 80 tiros em uma família, vir querer justificar esse ato, alegando que por ser formado gente do povo, o exército, a polícia, etc, possuem ‘excludentes de ilicitude’ ilimitados e carta branca para matar.

  2. Fábio luis alvarenga disse:

    Quando ele diz que o exército não matou ninguém, ele não busca apenas defender o indefensável, pior ele converte à figura de NINGUÉM, um pai de família, marido, genro, irmão e amigo, que por se tratar de um CIDADÃO ‘negro e pobre’, pelo manifestado, não deveria nem fazer parte das estatísticas, tal qual Marielles, Andersons, Amarildos e outros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via