Congresso em Foco

Deputados avançam no debate do polêmico projeto sobre pesticidas

Deputados aprovam projeto que facilita uso de agrotóxicos

25.06.2018 19:11 6

Reportagem

6 respostas para “Deputados aprovam projeto que facilita uso de agrotóxicos”

  1. Marcelo Antunes disse:

    putz….infelizmente estou sem tempo, mas dizer que agrotóxicos são salvadores da humanidade e que se trata apenas de clichê dizer q eles fazem mal é de uma estupidez e ignorância dignas apenas de quem se presta, á base de bons “argumentos” financeiros, enganar as pessoas….espero que o sr.fábio coma apenas alimentos “tratados” a base de glifosato….

    • Fábio disse:

      Pelo jeito está sem tempo para pensar também. Para repetir clichês era melhor não ter falado nada. Nesse assunto segue a manada, sem senso crítico.

  2. Fábio disse:

    Parabéns aos deputados que aprovaram o projeto.
    Um dos maiores clichês é ver os agrotóxicos como algo negativo, ao qual o portal adere sem qualquer senso crítico (e se iguala à manada, ao invés de se diferenciar). Ora, os agrotóxicos são salvadores da humanidade. Sem eles, a produção de alimentos seria muito menor, e consequentemente a fome também. Além disso, sem agrotóxicos e fertilizantes, a produção agrícola seria também muito menor, e com isso muito mais florestas teriam de ser devastadas para produzir uma quantidade ainda inferior a que se tem hoje de alimentos.
    Os agrotóxicos fazem mal à saúde? Menos do que se imagina. Existem poucas evidências de doenças diretamente ligadas a eles.
    Produtos orgânicos? Bom, a produção deles é muito baixa, e demanda muito mais terra para que sejam produzidos. Seria inviável alimentar toda a população brasileira que seja com alimentos orgânicos, ainda que se derrubasse toda a Amazônia, que dirá a humanidade.
    Esse “veneno” é um mal necessário, sem o qual a humanidade estaria morrendo de fome e a devastação florestal seria muitíssimo maior.

    • Thomas Vieira disse:

      Não sei nem por ondem começar..nunca li tamanha ignorância.
      Mas vou começar pelo final:
      “devastação florestal”: a maior causa da devastação florestal no Brasil é o avanço agropecuário (principalmente da soja) em áreas de floresta, se ganha uma vez apenas com a derrubada de árvores, porém na sequência tomam conta da terra com agropecuária.
      “agrotóxicos salvadores da humanidade”: isso é a coisa mais idiota que já escutei em muito tempo, existem diversas maneiras de cultivar alimento sem eles, sistemas agroflorestais por exemplo, porém a ganância da bancada ruralista não está preocupada com produção de alimentos para a população, o que eles querem é produzir soja para alimentar gado estrangeiro.

      • Fábio disse:

        A ignorância e idiotia estão todas com você. Apenas repetiu os clichês sobre o assunto, demonstrando jamais ter se aprofundado a respeito.
        Sim: sem agrotóxico a produtividade seria menor. Seria preciso mais terra para produzir o mesmo. O agronegócio derruba florestas? Sim, e derrubaria muito mais sem os agrotóxicos. Agradeça a eles por não passar fome, por sinal, pois sem eles não haveria terra bastante para suprir a demanda alimentar da humanidade, ainda que se derrubassem todas as florestas.
        Quanto aos meios alternativos de produção que mencionou, são pouco produtivos. Podem ser mais saudáveis, mas demandam muito mais terra para produzir o mesmo. Ou seja, se resolvessemos, por exemplo, utilizar só alimentos orgânicos, as terras utilizadas para agricultura teriam que ser muito maiores. De onde se tirariam estas terras? Derrubando a floresta.
        Pense para além dos clichês.

        • Thomas Vieira disse:

          Você demonstra sua ignorância simplesmente colocando agrotóxico tudo no mesmo pacote.
          tem noção de quantas variações desses produtos existem? quantos são lançados sem os devidos textes? Quais diferente substâncias inclusas e concentrações?
          E obviamente foram banidos de diversos países. Muito cômodo acusar o outro de falta de conhecimento.
          e falar que passaríamos fome é de um levianismo imenso…o agronegócio não objetiva colocar alimento na mesa e sim lucrar. existem diversas maneiras sustentáveis de produzir.
          Me mostra um artigo científico em um periódico renomado falando bem sobre agrotóxico, por favor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via