Congresso em Foco

Marcelo Ramos, à esquerda, e o secretário especial da Previdência, Rogério Marinho[fotografo]Agência Câmara[/fotografo]

Conclusão da reforma da Previdência deve ficar para o segundo semestre

01.07.2019 18:06 7

Reportagem Em
Publicidade

7 respostas para “Conclusão da reforma da Previdência deve ficar para o segundo semestre”

  1. Esses políticos são tão cabeças duras que eles pensam que estão prejudicando o governo do presidente Jair Bolsonaro, atrasando a Reforma da Previdência Social. Eles estão Redondamente enganados, eles estão prejudicando a eles mesmos e o povo irá dar a resposta nas próximas eleições, como já fez uma parte nas de 2018. Na Municipal do ano que já vai começar a limpeza e será concluída com mais ênfase nas majoritárias de 2022.

  2. Reginaldo Lucia disse:

    Como sempre os funcionários públicos civis e militares se acham mais importantes que o restante dos brasileiros!

  3. AO543 disse:

    Esses SANGUESSUGAS ,estão FAZENDO de TUDO para ARRASTAR essa REFORMA para o ANO 3000. Assim a CORRUPÇÂO NO BRASIL vai continuar a TODO o VAPOR nesses CENTRÕES DO CONGRESSO e SENADO.

  4. Adyneusa Moura Oliveira disse:

    No plenário, a oposição apresentará pedido de adiamento da discussão por até dez sessões, que deve ser rejeitado. Tudo dependerá da negociação do governo com o chamado Centrão [grupo informal composto por , que aguarda a liberação de R$ 20 milhões, para cada deputado, em emendas parlamentares. Essa foi uma promessa do ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni.”

    Dinheiro pra investir, para educação e saúde não tem.

  5. Ernesto Freire Pichler disse:

    A previdência é deficitária, portanto temos que retirar recursos da previdência, como a contribuição patronal, além do trilhão para os bancos. A previdência não pode ser deficitária: ela tem que acabar. Que os trabalhadores se virem fazendo poupança com eventual sobra de salário no fim do mês, se os patrões estiverem pagando demais. Poupança em nossos bancos privados, para que nós, banqueiros, fiquemos mais podres de ricos. E mantendo os privilégios dos militares, pois eles nos protegem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via