Congresso em Foco

Por que a bandeira LGBT também é nossa bandeira

17.06.2016 18:48 31
Atualizado em 25.10.2018 19:02

Reportagem Em
Publicidade

31 respostas para “Por que a bandeira LGBT também é nossa bandeira”

  1. Francisco d´Anconia disse:

    Sylvio, esse tipo de movimento procura apenas dividir as pessoas em grupos menores para poder conquistá-las (ou enquadrá-las). Hoje esses movimentos estão fortemente ligados à esquerda (as estratégias utilizadas demonstram isso), e seus seguidores tornaram-se militontos, massa de manobra de socialistas.
    O site optou por se posicionar, apoiar uma “bandeira”. Jamais uma empresa séria tomaria esse tipo de decisão. Foi um grande erro.

  2. Vilson Rosa disse:

    Os redatores do texto acima são vigaristas intelectuais. Mencionaram o atentado terrorista em Orlando como originário da intolerância religiosa. Isto é desonesto, não dar nome aos bois quando os bois (no caso, o boi) tem nome – ISLAMISMO. É o ISLÃ que é intolerante, que assassina homossexuais e que açoita e mutila mulheres. Aqui no Brasil, a religião cristã não invade o espaço alheio, como menciona a matéria. Gays e travestis são livres, e inclusive assistem missas e cultos cristãos, se casam civilmente e vivem em paz. Esta matéria tem um claro objetivo – fomentar o ódio contra cristãos.
    vilsonrosa@gmail.com

  3. Davi Emerich disse:

    Boa iniciativa. Todas as bandeiras vinculadas à liberdade e ao direito individual são fundamentais ao fortalecimento da democracia.

  4. Carlos Lungarzo disse:

    O editorial de Congresso em Foco é uma prova de sinceridade e coragem, pois não há liberação nenhuma, nem econômica, nem política, sem o respeito aos direitos humanos, barbaramente violentados pela degradada gangue fascista que ocupa, no mínimo, o 70% do espaço público. A luta feminista, anti-racista, pró-escolha sexual e reprodutiva, pela verdadeira liberdade de opinião e contra o ódio representado pela bancada BBB, começou há muito tempo nos países industrializados, representando um verdadeiro movimento de esquerda que substitui os velhos dogmas stalinistas e chauvinistas. Isto que seria um ato normal no Norte da Europa, é um ato de coragem na América Latina, onde ainda vivemos sob a teocracia medieval. Faço chegar ao diretor Sylvio Costa minha modesta homenagem. CL

  5. Suzana disse:

    Gostei muito da proposta. Uma iniciativa cidadã

    Suzana

  6. Marco Antonio disse:

    Muito bom, Sylvio.
    Marco Antônio
    Brasília – DF

  7. Celso Lungaretti disse:

    É UMA TOMADA DE POSIÇÃO INTERESSANTE, MEU CARO SYLVIO, MAS NESTE PONTO MANTENHO A POSTURA DA ESQUERDA REVOLUCIONÁRIA: CONSIDERO QUE TODAS ESSAS BANDEIRAS DO PÓS-1968 (FEMINISMO, LUTA CONTRA O RACISMO, CONTRA A HOMOFOBIA, DEFESA DO MEIO AMBIENTE, ETC.), BEM COMO O VELHO COMBATE À CORRUPÇÃO, NÃO TÊM NEM TERÃO CONCRETIZAÇÃO PLENA NO CAPITALISMO. OU SEJA, NADA DISSO SERÁ RESOLVIDO ENQUANTO CONTINUARMOS NA “PRE-HISTÓRIA DA HUMANIDADE”, COMO DIZIA MARX.

    A GRANDE LUTA DO NOSSO TEMPO É PELO FIM DA EXPLORAÇÃO DO HOMEM PELO HOMEM, SUBSTITUINDO UM REGIME FUNDADO NA GANÂNCIA E NA COMPETIÇÃO POR OUTRO QUE PRIORIZE O BEM COMUM E A COOPERAÇÃO SOLIDÁRIA ENTRE OS SERES HUMANOS. AS BANDEIRAS ACIMA CITADAS ESTÃO SENDO SUPERDIMENSIONADAS, NÃO SÃO OBJETIVOS EM SI, MAS SIM LUTAS PARCIAIS, QUE DEVEM SERVIR À ACUMULAÇÃO DE FORÇAS PARA A RUPTURA REVOLUCIONÁRIA.

    EVIDENTEMENTE, SEMPRE DENUNCIAREI MASSACRES DE GAYS, INFERIORIZAÇÃO DAS MULHERES, HOSTILIZAÇÃO DOS NEGROS E A DESTRUIÇÃO DO NOSSO HABITAT. [AO CONTRÁRIO DA CORRUPÇÃO, CUJO COMBATE A EXEMPLO DO PAULO FRANCIS, CONSIDERO UMA BANDEIRA DA DIREITA.] MAS, COLOCANDO-OS COMO CONSEQUÊNCIAS DO DESEQUILÍBRIO PERMANENTE QUE O CAPITALISMO PROMOVE E MAXIMIZA, SEM QUE O HOMEM COMUM TENHA SEQUER CONDIÇÕES DE IDENTIFICAR O VERDADEIRO INIMIGO, ACABANDO POR DIRECIONAR SEU ÍMPETO E AGRESSIVIDADE PARA ALVOS ERRADOS.

    É COMO VEJO A COISA, VELHO AMIGO.

    UM FORTE ABRAÇO E ÓTIMA SEMANA!

    CELSO LUNGARETTI
    SÃO PAULO – SP

  8. Luis Carlos Alcoforado disse:

    Prezado Sylvio,

    A iniciativa engrandece a qualidade do seu trabalho. O momento é de reflexão, mas, também, de iniciativas, ações que permitam a ruptura do misoneísmo. Nada mais justo do que acolher a defesa dos direitos a todas as formas de liberdade, o maior bem do homem.
    Luis Carlos Alcoforado
    Brasília – DF

  9. Fabíola Góis disse:

    Que legal, Sylvio! Parabéns pela iniciativa. Bj
    Fabíola Góis
    Brasília – DF

  10. Tiago Seidl disse:

    Parabéns pela iniciativa, Sylvio! O Congresso em Foco merece a cada dia que passa cada vez mais o meu respeito e admiração. Jornalismo com responsabilidade social é para poucos hoje em dia.
    Forte abraço,
    Tiago Seidl
    Brasília – DF

  11. Sen. Lídice da Mata disse:

    Parabéns pela iniciativa, Sylvio e toda equipe do Congresso em Foco!
    A senadora está em Montevidéu para reunião do Parlasul, mas vamos dar conhecimento a ela e com certeza ela vai apoiar a iniciativa.
    Assim que ela se manifestar mandaremos nota e iremos compartilhar e valorizar a iniciativa de todas as formas que o mandato puder.
    Parabéns!

    Izabel Odete Valente Machado
    Gabinete da Senadora Lídice da Mata

  12. Luiz disse:

    Só vou dizer uma coisa. Você botou pra foder, meu velho. Ninguém pode querer mandar no corpo de outra pessoa. Congresso em Foco cada vez melhor. Abraço grande

    Luiz

  13. Chico Alencar disse:

    Meus mais entusiasmados aplausos pela iniciativa de estampar a bandeira LGBT nas publicações do Congresso em Foco! Um abraço fraterno e solidário.

    Deputado Chico Alencar (PSOL-RJ)

    • Júlio Cardoso disse:

      A bandeira que sempre deverá ser desfraldada é a Bandeira Nacional, o resto é apelação demagógica ou para agradar plateias outras.

  14. Lena Azevedo disse:

    Oi, Sylvio. Confesso que levei um susto quando vi a página. Mas foi um bom susto. Feliz pela sua ousadia. Pode contar comigo sempre!
    Bjs

    Lena Azevedo
    Vila Velha – ES

  15. Edemilson_Parana disse:

    Com efusivo e entusiasmado apoio, desejo sucesso na inciativa. Parabéns pela coragem. Abraços.

    Edemilson Paraná
    Brasília – DF

  16. Renato Paoliello disse:

    Proposta coerente, humanitária e digna de nosso respeito.

    Att,
    Renato Paoliello
    Vitória – ES

  17. Gab. deputado Jean Wyllys disse:

    Olá, Sylvio.
    Todos nós gostamos muito do texto. Parabéns pela iniciativa!!
    Abraço,

    Bruno Bimbi
    Coordenador político e legislativo
    Gabinete do deputado federal Jean Wyllys
    Rio de Janeiro – RJ

  18. Toni Reis disse:

    Oi, Sylvio!
    Parabéns pela iniciativa e solidariedade!

    Toni Reis
    Curitiba – PR

  19. Bento Sartori de Camargo disse:

    A Constituição Federal/88 é clara quando afirma que “todos são iguais independente de raça, cor e credo religioso”. Os direitos individuais já estão garantidos desde 1988. Vejo muitos gritarem por “direitos” e não vejo um apenas gritando por “deveres” que por natureza vem antes dos direitos.

  20. Ana Maria disse:

    Cara, confesso que vocês me causaram surpresa e me emocionaram. Foi como um carinho, um braço protetor, para um mundo que ficou muito difícil para todas e todos nós, que não aceitamos o conceito homem/mulher, em que o homem é obrigado “a pegar as muié” e as mulheres têm que se entregar,”belas e recatadas”, aos seus machos opressores.
    Muito orgulho de ser divulgadora do Congresso em Foco. Como jornalista, posso atestar que é o primeiro órgão comercial (comercial, sem ofensas) da imprensa brasileira que ousa assumir a defesa da causa LGBTTI – lésbicas, gays, bisexuais, travestis, transexuais e intersexos. Espero que vocês mantenham em evidência a temática que interessa a essa vasta população ameaçada pelos reprimidos-repressores, pessoas infelizes que transformam seus recalques em ódio.

    Ana Maria
    Belo Horizonte – MG

  21. Maria Da Conceição Lima Alves disse:

    Parabéns pela coragem de praticar jornalismo de verdade.

    • Rev. Dr. Alberto Thieme disse:

      Desrespeito é se posicionar favorável a uma minoria intolerante que tem forçado milhares de crianças, adolescentes e jovens a praticarem um ato contrário aos desejos deles próprios, de seus pais e irmãos. A Babilônia se instaurou no mundo e os valores morais estão gradualmente sendo destruídos pela ação desta minoria apadrinhada pelos esquerdopatas comunistas como aconteceu na Alemanha de Hitler. Só que infelizmente os gays da época não imaginariam que eles estavam sendo usados como massa de manobra, exatamente como hoje. O caso de Orlando está sendo usado pela AGENDA GAY para desgraçar a vida de outros milhares de pessoas fazendo passar um ataque TERRORISTA praticado contra uma discoteca gay como sendo crime de HOMOFOBIA, mas se esquecendo que foi mais um MUÇULMANO RADICAL que o praticou assim como a destruição das torres gemeas de Nova York e milhares de outros atentados ao redor do mundo. Sequer este jornal ESQUERDOPATA cita os mais de 150.000 vítimas do EXTREMISMO ISLÂMICO. Acharam, neste caso de Orlando, um bode expiatório para usá-lo para convencer governantes desapercebidos da verdadeira realidade: O Islam é uma grande ameaça para o mundo. Quando menos pensarem, já não terão mais tempo de se defender. Veja o que tem ocorrido com a França, Inglaterra, Alemanha, Itália, Espanha, etc. A própria História mostra outra realidade. Quando os ativistas gays pararem de fazer proselitismo com financiamento dos governantes e ONGs e entidades internacionais, as famílias votlarão a ter paz. Até lá nos resta combater com todas as forças a ação desses bandidos que agem em nome de uma classe, cuja grande parte já não suporta mais viver debaixo do CATIVEIRO a que foram submentidos e clamam por ajuda, porém, um dia serão ouvidos, com certeza. Veja a realidade no blog exgaysfalam blogspot com e defesahetero org.

  22. JOHN J. disse:

    MES DE JUNHO, FESTAS JUNINAS. QUADRILHAS.

    TEMER E SEUS QUADRILHEIROS

    CAI CAI LADRÃO, CAI CAI LADRÃO
    PELA SUA CORRUPÇÃO
    CAI CAI LADRÃO, CAI CAI LADRÃO
    PELA SUA CORRUPÇÃO

    NÃO CAI NÃO, NÃO CAI NÃO, NÃO CAI NÃO
    VAI DIRETO PRA PRISÃO
    NÃO CAI NÃO, NÃO CAI NÃO, NÃO CAI NÃO
    VAI DIRETO PRA PRISÃO

  23. Heitor Peixoto disse:

    Eu já tinha ficado emocionado ao saber da bandeira no cabeçalho, e ainda esse texto! Daquelas coisas que lavam a alma da gente e reacendem uma esperança de que é possível fazer diferente. Principalmente falando de jornalismo. Sylvio, que privilégio ser testemunha deste trabalho!

  24. edu disse:

    Atitudes como essa só alimentam a separação das classes.

  25. CongEmFoco disse:

    Durante uma entrevista em algum programa de televisão, o ator Morgan Freeman interrompeu o jornalista que fazia uma pergunta sobre a consciência negra, dizendo : “O dia em que pararem de pensar em consciência negra, branca ou amarela e começarem a pensar em consciência humana, aí o racismo acaba”.
    Próximo disso, digo: “o dia em que todos forem tratados como iguais que são, não precisaremos tentar encontrar diferenças em ninguém”. E concluo. Aqueles que querem ditar o que o outro deve ser e fazer e em que deve crer ou não crer, deveriam fazer um pacto pela vida, ou seja, cada um cuidar da sua.
    O massacre de Orlando deixa à mostra que o ser-humano ainda é, dentro de sua dita “racionalidade”, um ser irracional, inconsequente e irremediavelmente vil.

  26. Nicolas disse:

    O Congresso em Foco me representa!

  27. Garoeiro disse:

    Caríssimo Sylvio,

    Acertaste, de novo!

    Já havia compreendido em silêncio a bandeirinha nova içada no alto da página.

    Agora, com o seu belo editorial, um pouco detalhado, demais, talvez, nada mais falta à minha alegria.

    É muito bom poder testemunhar, justamente, agora, que o Congresso em Foco é top de mídia, essa declaração claríssima que prega um não à intolerância, enquanto abraça, até citando a CF/1988, a causa do brasileiríssimo pluralismo amplo, geral, irrestrito!

    Parabéns!

    Sigamos, em frente, apesar das pedras e dos buracos…

    Garoeiro

    • Congresso em Foco disse:

      Muito obrigado por suas palavras, sempre generosas, Garoeiro! Dei uma enxugadinha no texto, depois de ler sua correta crítica. Grande abraço, uma excelente semana pra você!
      Sylvio Costa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via