Congresso em Foco

Movimentos LGBT protestaram contra o Estatuto da Famíla

Comissão exclui união homoafetiva do conceito de família

24.09.2015 16:10 31

Reportagem
Publicidade

31 respostas para “Comissão exclui união homoafetiva do conceito de família”

  1. macabiapompile disse:

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  2. Marcia Seixas disse:

    Tem como formar uma FAMÍLIA entre dois machos?

  3. Valdir disse:

    Ainda bem que isso não afeta os animais! Eles é que estão certos! Por serem “IRRACIONAIS”, só têm relações entre “machos” e “fêmeas”!

  4. Edison Sampaio disse:

    Decisão acertada. Uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa. O problema dos guêis é que não sabem ser discretos. Ninguém tem nada a ver com a devassidão alheia, desde que haja discrição; que não causem constrangimentos. Onde já se viu dois barbudos e fedorentos se beijando…? Ora, se deixarem, transformam isso qui em Sodoma e Gomorra. Abaixo essas vergonhosas passeatas do tal “orgulho guêi”; abaixo a pretensão dos guêis adorarem crianças, impondo-lhes costumes contrários à moral e aos bons costumes. Quer ser guêi, então que exerça sua “atividade gueisística” e sua intimidade, discretamente.

  5. Júlio Crespo disse:

    Vitória da maioria absoluta dos brasileiros!!! Atenção esquerdopatas: peguem qualquer dicionário e leiam o significado da palavra família. União homoafetiva é uma coisa e família é outra coisa (família = comunidade constituída por um homem e uma mulher, unidos por laço matrimonial, e pelos filhos nascidos dessa união). Vocês esquerdopatas são os novos bárbaros, os bárbaros da linguagem, pois querem mudar os significados das palavras conforme a conveniência de vocês (tudo pelo empoderamento, né!). Alguns conscientes e outros não (inocentes úteis) de que o objetivo desse ativismo gayzista é a desconstrução da civilização judaico-cristã ocidental de mais de dois mil anos e sua principal instituição: a família. Querem ter relações e convivências homossexuais, bixessuais, pansexuais etc, podem ter!!! Só não queiram colocar isso dentro do Direito de Família no Brasil. No Brasil, não passarão!!!!

  6. Alfredo disse:

    Que absurdo esses deputados escrotos estão fazendo travando uma guerra contra cidadãos, O dia que a família brasileira precisar de um estatuto pra existir é por que realmente está falida. Vergonha!!!!

  7. Cristovão Lima disse:

    Vitória!

    • Iza disse:

      Vitória de quem? Das famílias homoafetivas, excluídas e ignoradas por nossos legisladores, ou da sociedade, por marginalizá-las, não obstante seja notória a sua existência e direitos como cidadãos?

      Vitória dos hipócritas.

      • Cristovão Lima disse:

        Tanta baboseira que é impossível digerir. “Excluídas”, “ignoradas”, “marginalizadas”. É impossível aceitar que, biologicamente falando, dois animais de mesmo sexo sejam aceitos como normais na natureza. Como matemático dizer que 1+1=3, porque o legislador quis ou algum ignorante disse que pode ser aceito.

        • Edison Sampaio disse:

          kekeke!!! Acabei de me lembrar do Levy Fidelix, que foi autêntico e verdadeiro ao pnto de dizer que aparelho excretor não reproduz. Resultado: a justiça o condenou a pagar não sei quantos mil reais de multa… Certamente o meritíssimo juiz ou é simpatizante ou entendido da “causa”…

      • Edison Sampaio disse:

        Deixa eu lhe dizer, minha filha: a Natureza criou machos e fêmeas visando a procriação para preservação das espécies. Fugiu desse esquema natural, já virou anormalidade, uma distorção da Natureza. Sejamos francos. No entanto, como somos livres, podemos fazer o que bem entendamos, desde que não causemos constrangimentos, situações desagradáveis. É preciso ter discrição em tudo, principalmente no exercício de nossa sexualidade, que é coisa muito íntima. Além do mais, esses movimentos gueisísticos são muito espalhafatosos e vergonhosos. Assim como as pessoas normais, os guêis devem ser discretos, contidos.

    • David Emanuel De Souza Coelho disse:

      Vitória dos imbecis, só se for.

    • Tayã Carneiro disse:

      se diz republicano e fala uma merda dessas…

      • Cristovão Lima disse:

        Justamente por ser republicano. Dados estatísticos que mostrem quantos são coniventes com a mudança deste termo?. OPA! Não existe, essa maioria que os republicanos defendem é uma invenção da mídia e grupos financiados pelo governo.

    • Carlos disse:

      Vitória por quê? Não foi votada no plenário nem passou pela mão da Presidente. Ejaculação precoce.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via