Congresso em Foco

A repórter pergunta, o ministro gagueja

19.08.2014 18:40 3

Reportagem
Publicidade

3 respostas para “A repórter pergunta, o ministro gagueja”

  1. Hilton Fraboni disse:

    Toda espécie de poder que não emana do povo e não pode ser destituido pelo povo é bestial, maléfico e denota uma espécie de ditadura, ainda que travestida dentro de uma democracia, tal qual a vemos nos modelos sul americano e brasileiro.
    Convenhamos que se alguém espera que os militares entreguem documentados seus podres deve ser um débil. Nem eles nem as milícias vão contar suas verdadeiras histórias. Esses pseudos heróis, que dizem ter combatido o sistema ditador, só defendiam seus interesses pessoais e receberam muito dinheiro da URSS via Cuba, dinheiro sujo, arrancado dos povos oprimidos daqueles países. Ou alguém acha que Cuba tinha dinheiro limpo? A extinta URSS tinha dinheiro limpo ou era confiscado da população civil? Pelo menos o finaciamento militar vinha de um governo democrático.
    A nossa história é podre e mentirosa desde Cabral, que aportou aqui com escrivão, representante do clero romano e uma boa carga para “reconhecer e tomar posse de um território já conhecido e descrito por Vicente Yáñez Pinzón.
    O período da ditadura não acabou, só mudou o ditador.

  2. Alexandre Anello disse:

    É impressão minha ou toda “vítima da ditadura brasileira” que foi torturada, humilhada etc., é também fã da ditadura cubana, onde milhares (ou milhões?) foram e continuam sendo mortos e torturados, pelos bandidos Chavez que, agora, no governo PTralha, financiamos com nosso dinheiro, via BNDES?

  3. Pacificador disse:

    Cuba, que os comunas tupiniquins tanto adoram, fuzilou sumariamente mais de 20.000 opositores nos temíveis “paredões”.
    Ninguém aqui fala nada sobre isso…
    Naquela época o Brasil estava em guerra interna. O inimigo não queria democracia, queria implantar uma ditadura comunista.
    Nem tudo aconteceu, como querem que as pessoas pensem….

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito. Mantenha o Congresso em Foco na frente.

Seja Membro do Congresso em Foco

Apoie

Newsletter Farol Político

Perspectivas exclusivas e a melhor análise do poder

assine

Receba notícias também via