Bolsonaro ameaça não renovar concessão da Globo em 2022

O presidente Jair Bolsonaro voltou a atacar a TV Globo. Nesta quinta-feira (30) ele chamou a emissora de "imprensa lixo, porcaria". O presidente afirmou ainda que pode não renovar a concessão da emissora, que vence em 2022.

> Bolsonaro desafia decisão judicial e se recusa a mostrar exames de covid-19

"Em 2022, não é ameaça, não, assim como faço com todo mundo vai ter que estar direitinha a contabilidade para que possa ter a concessão renovada. Se não estiver tudo certo, não renovo de vocês, de ninguém", afirmou o presidente.

A cassação da concessão da Globo é uma bandeira do bolsonarismo vista em diversas manifestações. Nos atos de rua que pedem o fechamento de instituições democráticas e a instauração de um novo AI-5, bolsonaristas empunham com frequência cartazes pelo fechamento da emissora.

Na internet, há uma petição online que demanda o fim da concessão da empresa. Na petição, o vídeo utilizado é de uma live que o presidente Jair Bolsonaro fez em 29 de outubro, quando xingou a Rede Globo e ameaçou não renovar a licença para a empresa operar. O vídeo em questão está no canal do Youtube do senador Flávio Bolsonaro, o filho 01 do chefe do Executivo.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!