Papa recebe dossiê contra o desmonte ambiental no país; veja a íntegra

A Associação dos Servidores da Carreira de Especialista em Meio Ambiente (Ascema) enviou nesta quarta-feira (9) um documento e uma carta para o Papa Francisco. No material a Ascema expõe a atual política  ambiental do governo de  Jair Bolsonaro através de matérias veiculadas em jornais. Intitulado “A cronologia de um desastre anunciado: as ações do governo Bolsonaro para desmontar as políticas de Meio Ambiente no Brasil”, o documento tem 35 páginas.

Confira o documento na íntegra 

A Associação informou também que pretende enviar o documento à Organização das Nações Unidas (ONU)  e ao Congresso Nacional. Na carta ao Papa, a Ascema reforça que a sua missão é “proteger a Amazônia e os povos que ali habitam”. “O Brasil está na contramão da prática de outros países que protegem suas florestas, águas, biodiversidade e seu povo”, diz o documento.

 No início do mês de setembro, a Associação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib) divulgou um vídeo da campanha “Defund Bolsonaro que pretende alertar e conscientizar empresas, líderes globais, consumidores e investidores para que se desvinculem do presidente Jair Bolsonaro, para evitar o desmatamento na Amazônia.

> "Nós perdemos o domínio da narrativa", diz Mourão sobre Amazônia 

 

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!