Senador pede que Pazuello comprove que assessores estão com covid

No começo da reunião da CPI da Covid que acontece na manhã desta quarta-feira (5), o senador Otto Alencar (PSD-BA), pediu que Eduardo Pazuello apresente a comprovação de que os assessores com quem teve contato estão, de fato, com covid-19. O ex-ministro da Saúde tinha depoimento marcado à CPI nesta quarta, mas avisou que não compareceria porque teve contato com pessoas contaminadas pelo coronavírus.

Otto Alencar não cobrou incisivamente e fez questão de dizer que confiava na palavra de Pazuello e também do comandante do Exército, Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira, que foi quem comunicou o presidente da CPI, Omar Aziz (PP-AM), da ausência.

"Eu não quero, de maneira nenhuma, deixar de acreditar nisso. Eu acredito piamente. No entanto, por se tratar de uma Comissão Parlamentar de Inquérito, a verdade tem que ser plenamente dita na sua essência, se por acaso o próprio ex-ministro que virá no dia 19, desejar, pode trazer a confirmação dos testes que foram feitos porque dá um conforto maior ainda ao próprio general", disse.

"Eu acredito nele, mas como a imprensa questionou isso e não fica bem para o Exército, acho que ficaria mais confortável [...] Se ele não trouxer não tem problema nenhum, mas se trouxer fica mais confortável", complementou.

Continuar lendo