Senado se nega a dizer quantos servidores tiveram covid-19

O Senado Federal parou de divulgar os casos de covid-19 entre os servidores e colaboradores da Casa. O último registro divulgado para a imprensa foi em fevereiro deste ano, quando a Casa informou que o serviço médico havia registrado oito casos até o dia nove do mês.

O Congresso em Foco questionou a administração do Senado sobre o número de casos pela Lei de Acesso à Informação (LAI) no mês passado, mas a Casa ignorou a solicitação - claro desrespeito ao que preconiza a norma. Após um novo pedido feito ontem (6), o Serviço de Informação disse, por e-mail, que não tem como praxe a divulgação de balanço de casos de Covid-19 entre os seus servidores e parlamentares, e informou que o Governo do Distrito Federal (GDF)  é responsável pelos dados.

Apesar do Senado estar localizado no Distrito Federal, o órgão é de competência da União. A resposta obtida pela LAI foi a mesma que a assessoria de imprensa da Casa deu a este site quando questionada  no início do mandato do presidente da Casa, senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG). Na ocasião, ainda em fevereiro, com o regime semipresencial, houve um aumento de circulação de pessoas no ambiente.

A Secretaria de Saúde do  GDF foi questionada, mas disse que  não faz o recorte de casos da Casa  Legislativa.

Durante o regime de trabalho semipresencial, três senadores foram diagnosticados com a covid-19: Lasier Martins (Podemos-RS), Alessandro Vieira (Cidadania-SE)  e Major Olimpio (PSL-SP). Com os diagnósticos e o agravamento da pandemia no Distrito Federal, o senador Rodrigo Pacheco voltou ao trabalho remoto na Casa.

O senador Major Olimpio não resistiu aos agravamentos causados pelo coronavírus e morreu. Antes, outros dois senadores já tinham perdido a vida pela doença: Arolde de Oliveira (RJ) e José Maranhão (PB).

No mesmo período em que o senador Olímpio esteve hospitalizado, um dos seus assessores ficou em estado gravíssimo em decorrência da covid-19, mas sobreviveu.

Câmara dos Deputados 

Já a Câmara dos Deputados informou pela LAI os casos de covid-19 na Casa. A assessoria de imprensa também parou de fornecer os números. De acordo com o Serviço de Informação, foram 120 casos registrados apenas durante o mês de fevereiro. 21 pessoas foram a óbito pela doença.

> Câmara registra 120 casos de covid-19 em um mês. 21 servidores já morreram 

Continuar lendo