Senado pode convocar Heleno para explicar declarações sobre Congresso

O Plenário do Senado analisa convocar o ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, para dar explicações  sobre críticas que fez ao Congresso. O requerimento de convocação foi protocolado na quarta-feira (19), pelo líder do PT, senador Rogério Carvalho (SE) e pode ser colocado em pauta pelo presidente Davi Alcolumbre na primeira sessão após o Carnaval. As informações são da Agência Senado.

> Heleno fala em “chantagem” do Congresso e Maia rebate: “radical ideológico”

Durante a cerimônia de troca de bandeira no Palácio da Alvorada, residência oficial do Presidente da República, nesta terça feira (18), o ministro acusou o Congresso de chantagear o governo e defendeu que o povo fosse às ruas contra os parlamentares. A declaração gerou reações nas casas legislativas e culminou no requerimento de convocação no Senado.

O ministro do GSI criticou também o acordo entre o governo e o Congresso para derrubada de vetos do Executivo no Orçamento Impositivo.

Segundo o senador Rogério Carvalho, a acusação é grave e o general precisa explicar quem está fazendo chantagens, citando quais são as bancadas, quais os partidos, para esclarecer a situação para a sociedade.

"Há enormes diferenças entre a pressão política derivada diretamente dos freios e contrapesos de um regime democrático que adota a divisão independente e harmônica entre os Poderes e o nefasto ato de chantagear”, afirmou o parlamentar.

 

 

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!