Capitão Augusto quer presidência da Câmara 2021 e vice da República 2022

Coordenador da bancada da bala, Capitão Augusto (PL-SP), já lançou seu nome para presidência da Câmara dos Deputados em 2021. "São quarenta semanas e serão quarenta propostas", alertou o deputado à colegas enquanto distribuía panfletos com sua foto no Plenário da Casa.

> Republicanos está otimista sobre o comando da CCJ da Câmara

"Humildemente venho comunicar e colocar meu nome como candidato ao cargo de presidente da Câmara dos Deputados", inicia o texto do material distribuído pessoalmente pelo congressista.

Em entrevista ao Congresso em Foco, o deputado avisou que sua plataforma de campanha é a reformulação dos espaços físicos da Casa e do regulamento da Câmara. Serão quarenta propostas, cada uma será explicada em um panfleto. Será um panfleto entregue por semana.

"Teremos 40 semana(sic) úteis de trabalho este ano, a cada semana trarei uma proposta que considero ser importante para que nossa casa funcione da melhor forma possível, para que consigamos elevar a credibilidade da Câmara perante a opinião pública, para que modernizemos nosso arcaico regimento interno, para valorizar o trabalho parlamentar e oferecer melhores condições e instalações para que os deputados possam bem exercer seu trabalho", diz o material entregue.

Panfleto de campanha do Capitão Augusto para presidência da Câmara 2021

Para mostrar que tem capacidade de exercer a liderança da Casa, o parlamentar exibe no panfleto a crescente popularidade que tem alcançado. Em 2014 ganhou 46.905 votos para deputado, já em 2018 foram 242.327.

O material também exibe os cargos de vice-liderança que ocupou. Entre 2015 e 2019 foi vice-líder do PL, em 2017 foi vice-líder do governo Michel Temer e em 2019 foi vice-líder do governo Bolsonaro.

O presidente da República, inclusive, tentou lançar o nome do Capitão Augusto na última eleição para o cargo de mandatário da Câmara, mas foi vencido por Rodrigo Maia (DEM-RJ).

A presidência da Câmara não é o foco final do deputado, o Capitão já está se lançando para o cargo de vice em 2022, só não decidiu do que: governador ou presidente, e nem com quem sairá. "A minha intenção é na próxima eleição sair vice-governador ou vice-presidente", disse Augusto, que também não soube informar qual será a possível chapa.

> O que o Congresso deverá votar em 2020

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!