Presidente do Banco do Brasil presta esclarecimentos na Câmara

Nesta terça-feira (10), a Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados ouviu esclarecimentos do presidente do Banco do Brasil, Rubem Novaes, acerca de declarações dadas por ele à imprensa em que defendeu a privatização de empresas estatais, incluindo o Banco do Brasil, a Caixa Econômica Federal e a Petrobras.

A audiência foi requerida por deputados do Partido dos Trabalhadores de diversos estados, defensores da não privatização destas instituições entre eles estão: Erika Kokay(DF), Bohn Gass(RS), Rogério Correia(MG), Vicentinho(SP), Nilto Tatto(SP), Carlos Veras (BA) e Nelson Pellegrino (PE).

Novaes, rebateu as falas dos deputados presentes dizendo que após as declarações de Bolsonaro de que não privatizará o Banco do Brasil, a decisão política está tomada. "Não me cabe mais defender a privatização. A questão da privatização para mim já está encerrada com a declaração do presidente da república."

 

 

>CCJ do Senado aprova prisão em segunda instância. Veja os votos

>Bancos públicos são fundamentais para o desenvolvimento econômico, defende Anabb

 

Catarse

 

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!