“Um povo heroico”: Mário Frias estrela nova campanha do governo

Mário Frias, o secretário especial da Cultura do governo Jair Bolsonaro, ganhou novo papel em frente às câmeras: o ator estrelou o primeiro vídeo do governo federal com o tema "Um povo heroico", voltada ao reconhecimento de grandes figuras nacionais, conhecidas ou anônimas.

A peça foi veiculada pela Secretaria de Comunicação (Secom) do governo federal na noite desta quinta-feira (3), em referência ao dia da Independência, lembrado na próxima segunda-feira (7).

Na peça publicitária de cerca de dois minutos, Mário Frias fala sobre "um povo heroico, que encara com um brado retumbante o destino que nos encara" – enquanto visita o que aparenta ser um museu. "São estas pessoas que não fogem à luta e que habita todos os rincões do nosso país. Pessoas que amam o próximo e dividem este solo – literalmente. Esse é o Brasil e, por ele e seu povo, desafiam a própria morte."

Segundo o texto da Secom, o vídeo com a celebração ao povo brasileiro se refere a uma "história tão bela e grandiosa quanto desprezada e vilipendiada por anos de destruição da identidade nacional". O vídeo não cita nomes, mas os bustos dos dois monarcas brasileiros, Pedro I (1822-1831) e Pedro II (1831-1889), aparecem em um breve momento da apresentação.

O governo planeja quatro vídeos da série "Um Povo Heroico". No próximo vídeo, o governo pretende fazer uma homenagem a um morador de rua morto ao tentar ajudar um policial militar a libertar uma refém – o caso ocorreu em setembro 2015, na Praça da Sé, em São Paulo.

Um terceiro vídeo buscará relembrar a campanha dos Pracinhas, combatentes brasileiros na II Guerra Mundial (1939-1945). A última peça, segundo a Secom, trata de "grandes heróis nacionais, que moldaram nossa História e nossa identidade, deixando legados eternos."

>Da Globo ao bolsonarismo: quem é o ator Mario Frias
> Câmara ouve Mário Frias sobre propostas para a cultura

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!