Enquete indica que bolsonaristas são contra a ditadura e a favor do Bolsa Família

Enquete feita pelo Instituto Travessa publicada na edição desta sexta-feira (17) do jornal Valor Econômico mostra como pensam os apoiadores do presidente Jair Bolsonaro em diversos temas.

As respostas indicam que o grupo não é tão apoiador de uma uma agenda liberal como defende o ministro da Economia, Paulo Guedes, nem da ditadura militar, como pregam os atos marcados neste ano.

Dos entrevistados, 45% responderam ser favoráveis a uma intervenção estatal na economia e 42% responderam ser contra. A maior parte dos apoiadores do presidente apoia mecanismo de transferência de renda, como o Bolsa Família. Declararam apoio, 42%, e disseram ser contra, 38%.

O perfil de quem apoia a intervenção do Estado na economia é formado em sua maioria por mulheres, moradores da Região Nordeste, jovens de 16 a 24 anos e pessoas que recebem até dois salários mínimos.

Já os que apoiam manifestações pelo golpe militar são 33%, enquanto 62% são contra. A maior parte (83%) defende protestos pela democracia.

> Investigado pelo STF, deputado ataca Alexandre de Moraes: “Canalha”, “lixo”

A enquete foi realizada por telefone nos dias 9 e 10 de julho. Foi feita uma pergunta prévia sobre quem os entrevistados votariam se a eleição presidencial fosse hoje. As respostas foram espontâneas sem a apresentação de opções entre os candidatos. Os que responderam que votariam em Bolsonaro passaram a etapa seguinte do questionário.

O eleitor do presidente é majoritariamente morador do Sudeste, com idade a partir de 45 anos, renda maior que 10 salários mínimos e evangélico. No entanto, a diferença entre o tamanho desses estratos sociais é pequena, são 55% de homens e 45% de mulheres. Com exceção da faixa de 16 a 24 anos (10%), todas as outros grupos etários apresentam índices próximos. Em relação a religião a divisão é mais nítida, são 54% de evangélicos e em seguida vem os católicos, com 24%.

> Moraes autoriza acesso da PF a investigação que derrubou perfis ligados a Bolsonaro

 

 

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!