Bolsonaro retira indicação de diretor da Anvisa após denúncia em contratos

O presidente Jair Bolsonaro solicitou ao Senado que desconsidere a indicação de Roberto Ferreira Dias para o cargo de diretor da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A revisão foi publicada em despacho no Diário Oficial da União desta terça-feira (27).

O recuo do presidente ocorre um dia após Roberto ser acusado de assinar um contrato suspeito de irregularidade na área da saúde. Enquanto era diretor de logística da agência, Roberto autorizou a compra de 10 milhões de kits com insumos para testes de covid-19.

O próprio Ministério da Saúde avisou o Tribunal de Contas da União (TCU) sobre possíveis irregularidades no contrato.

Apesar de seu nome já ter sido enviado ao parlamento, Roberto Ferreira Dias ainda não havia sido sabatinado pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado. Na semana passada, a CAS aprovou o nome de quatro novos diretores para a agência, entre eles o do diretor-presidente, Antônio Barra Torres.


> UnaReg: Anvisa busca recompor diretoria às vésperas de aprovação de vacinas

> De MPs a indicações, Câmara tem pauta cheia, mas votações incertas

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!