Autoridades reagem à fala de Braga Netto: “Tirania precisa ser combatida”

O recado do ministro da Defesa, Braga Netto, enviado ao presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), de que não haveria eleições em 2022, se não houvesse voto impresso e auditável, gerou reações por parte de autoridades e políticos.

A presidente do PT, Gleisi Hoffmann (PR), afirmou que é "grave essa militância política do comando das FFAA. Ao invés de defender o país, o ameaçam?! A Câmara tem de aprovar a convocação do general pretendente a ditador".

Já a deputada Perpétua Almeida (PCdoB-AC), que é autora da PEC que pretende barrar militar em cargo civil, disse que imagina que "o presidente da Câmara virá a público e dirá q nenhuma autoridade do Estado teria coragem de fazer tamanha ameaça contra a democracia e também exigirá pública e duramente que isso seja esclarecido."

O deputado Chico D'Angelo (PDT-RJ) afirmou. "Que fique claro, o Congresso não se intimidará por ameaças golpistas. Seguiremos firmes na defesa da democracia!"

O líder da minoria na Câmara, deputado Alessandro Molon (PSB-RJ), classificou como "extremamente grave a denúncia de que o Ministro da Defesa teria ameaçado o Congresso Nacional. Não cabe ao Ministro da Defesa querer impor ao Parlamento o que deve aprovar, nem estabelecer condições para que as eleições aconteçam. O papel constitucional das Forças Armadas é garantir os poderes constitucionais, e não subordiná-los. Vou propor que a Câmara convoque o Ministro em Comissão Geral para esclarecer os fatos."

> Braga Netto ameaça golpe em meio a denúncias de militares pela CPI da Covid

Se você chegou até aqui, uma pergunta: qual o único veículo brasileiro voltado exclusivamente para cobertura do Parlamento? Isso mesmo, é o Congresso em Foco. Estamos há 17 anos em Brasília de olho no centro do poder. Nosso jornalismo é único, comprometido e independente. Porque o Congresso em Foco é sempre o primeiro a saber. Precisamos muito do seu apoio para continuarmos firmes nessa missão, entregando a você e a todos um jornalismo de qualidade, comprometido com a sociedade e gratuito.
Mantenha o Congresso em Foco na frente.
JUNTE-SE A NÓS

Continuar lendo