Temer se reúne com cúpula do PSDB para costurar apoio

Representantes do partido entregarão uma carta, listando condições para participar da gestão Temer. Vice-presidente também recebe lideranças do PSD e do PSB

Dando continuidade às reuniões para estruturar um provável governo, o vice-presidente Michel Temer (PMDB) recebe, nesta terça-feira (3), parlamentares do PSDB, do PSB e do PSD no Palácio do Jaburu. No início desta tarde, o peemedebista se reúne com os tucanos Aécio Neves (MG), presidente nacional do PSDB, Cássio Cunha Lima (PB), líder do partido no Senado, e Antônio Imbassahy (BA), líder da bancada na Câmara.

O tema do almoço no Jaburu gira em torno do apoio do PSDB ao eventual governo Temer - que poderá ter início na próxima semana, com a votação da admissibilidade do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Os representantes do partido entregarão uma carta, listando algumas condições para participar da gestão Temer. Entre os 15 pontos listados estão o combate à corrupção (assegurando a independência de órgãos como a CGU, o TCU e a Polícia Federal), reforma política (incluindo a discussão sobre a adoção do parlamentarismo a partir de 2018), manutenção dos programas sociais e combate à inflação.

Uma ala do partido defende o apoio à gestão Temer, representada pelo senador José Serra (SP), cotado para assumir o comando de algum ministério, enquanto outro grupo ainda se mostra reticente, liderado pelo governador de São Paulo, Geraldo Alckmin e Aécio Neves.

Reunião com parlamentares

Depois do almoço com a cúpula do PSDB no Palácio do Jaburu, Temer se reunirá com políticos do PSB e do PSD na vice-presidência da República. Às 16h são esperados Carlos Siqueira, presidente nacional do PSB, os senadores Fernando Bezerra Coelho (PE), Carlos Valadares (SE), e o líder da bancada do partido na Câmara, Fernando Coelho Filho (PE).

Em seguida, às 18h, será a vez do PSD. Temer receberá o presidente do partido, Gilberto Kassab, os governadores  Raimundo Colombo (Santa Catarina) e Robinson Faria (Rio Grande do Norte), o senador Omar Aziz (PSD-AM), e os deputados Guilherme Campos (SP) e Rogério Rosso (DF). Também são esperados Alda Marco Antônio, coordenadora do PSD Mulher, e o sindicalista Ricardo Patah,  da União Geral dos Trabalhadores (UGT).

Mais sobre Michel Temer

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!