Rossetto deve ser indicado para Secretaria-Geral da Presidência

Indicação do atual ministro do Desenvolvimento Agrário serviria para acalmar ala mais à esquerda do PT, insatisfeita com a possibilidade de Joaquim Levy e Kátia Abreu virarem ministros. Confirmação deve ocorrer no próximo mês, informa O Estado de S. Paulo

O ministro do Desenvolvimento Agrário, Miguel Rossetto, deve ser indicado para a Secretaria-Geral da Presidência no lugar de Gilberto Carvalho. Caso confirmada, a entrada dele no cargo serviria para acalmar os setores mais à esquerda do PT, insatisfeitos com a possibilidade de Joaquim Levy assumir o Ministério da Fazenda e da senadora Kátia Abreu (PMDB-TO) virar a titular da Agricultura. O anúncio, de acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, será feito no próximo mês.

Rossetto faz parte da tendência Democracia Socialista dentro do PT. No seu lugar no Ministério do Desenvolvimento Agrário, prossegue o Estadão, deve entrar o presidente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Carlos Guedes. Funcionário de carreira do instituto, ele é filiado ao PT e também faz parte da Democracia Socialista.

Mais sobre reforma ministerial

Assine a Revista Congresso em Foco

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!