Mantega é vaiado em restaurante em São Paulo

Em fevereiro, o ex-ministro já havia sido hostilizado em lanchonete do hospital Albert Einstein, na capital paulista

O ex-ministro da Fazenda Guido Mantega foi hostilizado ao sair de um restaurante italiano na cidade de São Paulo, na noite de sábado (23), após jantar com sua mulher. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

Ao sair do restaurante, Mantega foi provocado pela primeira vez. Ele, então, parou e perguntou quem havia falado com ele. Um senhor assumiu a autoria do comentário e disse que só não falaria mais em “respeito” à mulher do petista. O ex-ministro tentou responder, mas foi interrompido com vaias.

Dois clientes o defenderam, pedindo educação aos demais. A pedido de um dos seus defensores, o ex-ministro voltou ao restaurante para cumprimentá-lo, mas as vaias voltaram e Mantega deixou o local.

Essa foi a segunda vez que o ex-minsitro foi hostilizado em São Paulo. Em fevereiro, o Mantega deixou a lanchonete do hospital Albert Einstein após alguns presentes gritarem para ele ir "para o SUS".

Confira a reportagem na íntegra da Folha de S.Paulo

Mais informações sobre Guido Mantega

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!