Manifestação anti-PT reúne 50 mil na Esplanada dos Ministérios

Ato foi convocado por meio de redes sociais e reuniu grupos como "Movimento Brasil Contra a Corrupção", "Vem Pra Rua" e "Movimento Brasil Livre". Intervenção militar ficou fora da pauta

Cerca de 50 mil pessoas, segundo o comando da Polícia Militar do Distrito Federal, foram à Esplanada dos Ministérios neste domingo (15) para protestar contra a corrupção na política e pedir o impeachment da presidente Dilma Rousseff. O ato foi convocado por meio de redes sociais como Twitter e Facebook, reunindo grupos como "Movimento Brasil Contra a Corrupção", "Vem Pra Rua", "Limpa Brasil", "Movimento Brasil Livre" e "Foro de Brasília".

Não foram registradas ocorrências policiais até o momento. Embora algumas pessoas tenham manifestado apoio a uma intervenção militar, nenhum dos organizadores do ato fez qualquer menção ao assunto em seus discursos – as principais palavras de ordem são "fora, Dilma" e "fora, PT" (foto). Animadas por um trio elétrico e dois carros de apoio, os manifestantes empunham cartazes e faixas com frases contra Dilma e o PT. Muitos deles vestiam camisas pretas, em sinal de luto pela política.

Sylvio Costa/Congresso em Foco
A manifestação estava marcada para as 9h30, em frente ao Museu da República, mas o movimento se intensificou mais para o final da manhã, com a multidão se deslocando em direção ao Congresso. Por volta do meio-dia, a concentração gerou um mar de gente, a maioria vestida de verde e amarelo, em frente à sede do Legislativo federal.

 

Diversas manifestações contra o governo estão em curso em cerca de 20 estados, além do DF. A que deve reunir mais pessoas está prevista para as 14h, na Avenida Paulista (SP), quando centenas de milhares de pessoas são esperadas nos protestos.

Protestos pró-impeachment mobilizam o país até no exterior

Mais sobre o Brasil nas ruas

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!