Ex-ministro da Saúde Adib Jatene morre em São Paulo

Médico cardiologista foi titular da pasta nas gestões de Fernando Collor e de Fernando Henrique Cardoso. Ele, que sofreu um infarto, será enterrado no cemitério do Araçá na tarde de hoje

Morreu na noite de ontem (14), aos 85 anos, o médico e ex-ministro da Saúde Adib Jatene. Ele estava internado no Hospital do Coração (HCor), em São Paulo, e segundo boletim médico, morreu em decorrência de um infarto agudo do miocárdio.

Jatene era diretor-geral do HCor e um dos pioneiros da cirurgia do coração no Brasil. Foi secretário estadual de Saúde (1979-1982) no governo de Paulo Maluf em São Paulo e duas vezes ministro da Saúde, nas gestões Fernando Collor (1992) e Fernando Henrique Cardoso (1995-1996).

A presidente da República Dilma Rousseff, que participa na Austrália do encontro dos países do G20 lamentou, em nota, a morte de Jatene. “O Brasil perdeu nesta sexta-feira um dos seus filhos queridos. A morte do médico Adib Jatene deixa nossa Nação triste. Ele foi um dos mais importantes cardiologistas do Brasil e um dos artífices da criação da CPMF, que permitiu destinar mais recursos para a saúde publica. Expresso meus sentimentos à viúva, dona Aurice, e aos filhos do casal: Ieda, Marcelo, Fábio e Iara”, diz nota da presidenta.

O Ministério da Saúde também soltou uma nota de pesar, lamentando a morte do ex-ministro da Saúde. “O Ministério da Saúde recebeu com tristeza o anúncio do falecimento do médico, professor e ex-ministro da Saúde Adib Jatene. Desde a sua oficina no fundo de sua casa, esse engenheiro do coração, trouxe importantes inovações para as cirurgias cardíacas. Na prática médica, suas técnicas são reconhecidas internacionalmente. Como ministro da Saúde e militante da saúde pública, deixou sua marca pela inabalável busca pela melhoria da atenção à saúde da população e pelo fortalecimento do Sistema Único de Saúde”, diz a nota.

O corpo de Jatene está sendo velado na manhã de hoje (15), no segundo andar do hospital. O sepultamento ocorrerá às 17h, no Cemitério do Araçá, na zona oeste da capital paulista.

Adib Domingos Jatene nasceu em Xapuri (AC). Em 1953, já em São Paulo graduou-se pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (Fmusp). A sua pós-graduação foi feita no Hospital das Clínicas, sob a orientação do professor do professor Euclydes de Jesus Zerbini.

A passagem de Adib Jatene no governo Fernando Henrique foi marcada pela criação da então Contribuição Provisória sobre a Movimentação Financeira (CPMF). O então ministro dedicou-se a convencer os deputados e senadores da importância deste tributo para os cofres da Saúde.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!