Dilma tem 43% das intenções de voto e venceria no primeiro turno

Aécio Neves teria 15% do votos; Eduardo Campos, 7%. Em cenário com Marina Silva, a ex-senadora obteria 12%

Pesquisa do Ibope divulgada nesta quinta-feira (20) pelo jornal O Estados de S.Paulo mostra que a presidente Dilma Rousseff (PT) seria reeleita em primeiro outubro se as eleições presidenciais fossem realizadas hoje. Ela tem 43% das intenções de voto para um segundo mandato. O percentual é igual ao divulgado pelo Ibope em novembro do ano passado, o que mostra estabilidade de Dilma nas intenções de voto.

O levantamento mostra que o senador Aécio Neves, pré-candidato do PSDB à presidência, aparece em segundo lugar, com 15% das intenções de voto. O número é um ponto percentual acima do registrado na pesquisa anterior, mas está dentro da margem de erro do Ibope, de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB) aparece em terceiro lugar na pesquisa e manteve os 7% que atingiu em novembro de 2013.

O resultado leva em conta uma corrida presidencial com estes três candidatos. No cenário com a ex-senadora Marina Silva (PSB e integrante da Rede), Dilma perde dois pontos percentuais, passando de 43% para 41% das intenções de voto. A ex-senadora ainda não sabe qual lugar irá ocupar na chapa de Eduardo Campos. Num cenário com ela como candidata a presidente, a disputa presidencial ficaria assim: Dilma, 41%; Aécio Neves, 14% e Marina, 12%.

Em segundo turno, Dilma também venceria as eleições, segundo a pesquisa. Ela aparece com 47% dos votos contra Aécio Neves, que teria 20%. Contra Eduardo Campos, a vantagem é maior, 47% contra 16%. O Ibope ouviu 2.002 pessoas, em 14 municípios, entre os dias 13 e 17 de março. O levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Leia mais sobre Eleições 2014

Nosso jornalismo precisa da sua assinatura

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!