Dilma e Aécio se despedem na TV; assista aos vídeos

No último programa, presidenciáveis se despedem com mensagens de otimismo e festa nas ruas. Aécio, no último programa, recorreu à nova denúncia da revista Veja, prontamente rebatida pelos petistas

Ao contrário do que foi visto na primeira veiculação do dia, o último programa de Aécio Neves (PSDB) no horário eleitoral explora reportagem da revista Veja desta semana, com a denúncia de que o ex-presidente Lula e Dilma Rousseff (PT) “sabiam” do esquema de corrupção na Petrobras. Em seguida, a veiculação do programa petista parece ter sido concebida sob encomenda para rebater os tucanos.

“Não há nenhuma prova sobre o que se diz. Mas, para a revista Veja, isso é o de menos”, diz um apresentador. Na sequência, o programa exibe a vantagem de Dilma nas pesquisas eleitorais. “É isso o que explica o desespero da Veja”, arremata uma apresentadora.

Devido à veiculação do conteúdo de Veja pelos  tucanos, há possibilidade de que o comando de campanha petista faça protesto formal junto à Justiça Eleitoral, uma vez que as coligações firmaram pacto de não agressão no Tribunal Superior Eleitoral, na quarta-feira (22). Segundo o acerto, decisões já tomadas pelo TSE continuam a valer, mas novas críticas podem voltar a ser contestadas pelos partidos. Caso isso ocorra, e em hipótese de condenação do PSDB, o PT poderá veicular direito de resposta neste sábado (25), em caráter extraordinário, em rede nacional de rádio e TV.

Na sequência de seu programa, Aécio repete a estratégia de apostar na atmosfera de otimismo, no destaque à sua rede de apoios e no discurso da “mudança” que marcou toda a sua campanha. Depois de se valer de suposta vantagem apontada em pesquisa do instituto Veritá, em que aparece com 54,6% dos votos válidos (Dilma, 45,4%), a propaganda tucana volta a exibir o apoio manifestado pelo jogador de futebol Neymar.

Em seguida, Aécio se despede dos telespectadores. “Eu senti na pele o entusiasmo das pessoas e, muito mais do que isso, um desejo mesmo de libertação dos brasileiros. O anseio por um novo caminho que nos permita superar os grandes desafios que teremos pela frente”, discursa o tucano, em menção velada à gestão Dilma.

Assista ao último programa de Aécio:

 

“Guerreira”

O programa petista também aposta na atmosfera festiva e nas imagens da “onda vermelha” mencionada nos últimos programas. Vestindo traje vermelho, cor que identifica o PT, Dilma se despediu dos telespectadores com discurso pregando a necessidade de “mudança com continuidade”.

“Como você, estou consciente de que existe muito, ainda, por fazer. Até porque ninguém muda para, depois, se acomodar. Muda para continuar crescendo e evoluindo na vida”, diz a petista, antes de exortar ao eleitorado com mensagem positiva. “Viva o Brasil! Viva o coração valente do nosso povo brasileiro!”, conclama a presidenta, mais uma vez elogiado por Lula ao final de sua fala. “A gente já sabe como é o governo dos tucanos. A resposta que a gente vai dar para eles é a vitória de Dilma em 26 de outubro”, diz o ex-presidente.

O programa mostra populares “que melhoraram de vida”, de acordo com Dilma, e volta a explorar discurso emocionado de uma aluna formada pelo Pronatec (programa de ensino técnico e emprego), que chega a chorar ao agradecer pela oportunidade e mencionar a mãe “guerreira”. A propaganda petista é encerrada com discursos de Lula e Dilma, imagens de multidão em festa e um dos jingles de campanha reunindo diversos artistas.

Assista:

 

Mais sobre eleições 2014

Assine a Revista Congresso em Foco

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!