Correios entregam panfletos de Dilma sem registro de controle, diz jornal

Estatal comandada pelo PT não exigiu chancela para auditar quantidade de material distribuído, abrindo exceção para a campanha de Dilma, segundo "O Estado de S. Paulo"

Os Correios distribuíram em São Paulo panfletos da campanha da presidente Dilma Rousseff, candidata à reeleição pelo PT, sem chancela ou comprovante de que houve postagem oficial, segundo reportagem publicada na edição do jornal O Estado de S. Paulo desta sexta (19).

“A estampa, prevista em norma da própria estatal, serve para demonstrar que houve pagamento para o envio, de forma regular, da propaganda eleitoral”, diz a reportagem. Conforme o jornal, o número declarado de panfletos distribuídos sem chancela dos Correios foi de 4,8 milhões.

Os carteiros enviaram carta à diretoria regional dos Correios para cobrar esclarecimentos e providências em relação à distribuição dos panfletos. Comandada por petistas, a estatal disse que o pagamento foi à vista e que a autorização “excepcional” está prevista em suas normas.

 

Mais sobre as eleições

Assine a Revista Congresso em Foco

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!