Comissão aprova convites para ouvir ex-diretores da Petrobras

Por se tratar de convites, Paulo Costa e Nestor Cerveró não são obrigados a ir ao Congresso; deputados querem informações sobre refinarias Abreu e Lima e Pasadena

A comissão de Relações Exteriores da Câmara aprovou nesta quarta-feira (2) convites para ouvir Paulo Roberto Costa e Nestor Cerveró, ex-diretores da Petrobras.

Cerveró deverá prestar esclarecimentos sobre a compra da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos, pela estatal brasileira, em 2006. A Petrobras pagou US$ 1,3 bilhão pela unidade. A aquisição vem sendo investigada pelo Tribunal de Contas da União (TCU), Ministério Público Federal (MPF) e Polícia Federal (PF).

Já o convite para Paulo Roberto Costa, preso pela PF no último dia 20, é para que ele preste esclarecimentos sobre o envolvimento na construção da refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco. Ele foi preso no último dia 20 pela PF.

Há a suspeita de que Costa tenha recebido  propina do doleiro Alberto Youssef para favorecer empresas em contratos para a construção da refinaria. Ele também é investigado pelo MPF pela compra supostamente superfaturada da refinaria de Pasadena.

Em relação a Costa, o deputado Josias Gomes (PT-BA) votou contra o convite . "Já existe uma discussão na casa sobre um tema que é correlato a este. Julgo que é prudente aguardar os procedimentos que estão sendo tomados sobre a criação da CPI", disse Gomes.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!