Câmara aprova prioridade para cidades médias em medida que incentiva construção de cinemas

 

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou a emenda do deputado José Guimarães (PT-CE) à Medida Provisória 770/17 para dar prioridade, no âmbito do programa de construção de salas de cinema, à alocação de recursos em municípios de porte médio, observando a distribuição proporcional dos projetos financiados com recursos da União entre as regiões do País.

Com a aprovação da emenda, a MP será enviada ao Senado.

Prorrogação

A MP aprovada prorroga o prazo para utilização do benefício fiscal do Regime Especial de Tributação para Desenvolvimento da Atividade de Exibição Cinematográfica (Recine), vinculado ao programa de estímulo à construção de salas de exibição. A validade do benefício terminava no dia 26 de março de 2017.

O texto aprovado, de autoria da senadora Marta Suplicy (PMDB-SP), prorroga o prazo até 31 de dezembro de 2019, em vez de dezembro de 2017, como previsto originalmente na MP.

A senadora incluiu também a prorrogação das deduções, nos impostos de renda de pessoa física e jurídica, até igual data (dezembro de 2019), referentes à compra de cotas dos Fundos de Financiamento da Indústria Cinematográfica Nacional (Funcines), criados para financiar o setor.

Após a votação, a sessão do Plenário foi encerrada.

Mais sobre medidas provisórias

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!