Barcelona, 8. Sessões solenes pró-Santos, 6

Câmara tem seis registros de pedidos de deputados para a Casa prestar homenagens ao Santos Futebol Clube. Os mais antigos datam de 2002. Um deles é o do atual ministro da Educação, Aloizio Mercadante

O Santos perderia para o Barcelona mesmo que os requerimentos de sessão solene no plenário da Câmara em prol do time paulista valessem gol. São seis registros de pedidos de deputados para a Casa prestar homenagens à equipe da Vila Belmiro. O time catalão venceu por históricos oito a zero o ex-clube de Neymar no Camp Nou, casa do Barcelona, na tarde de ontem (2).

Só o deputado Beto Mansur (PP-SP) fez a mesma coisa duas vezes. Em 2011, ele apresentou, primeiro em maio e depois em junho, requerimentos solicitando sessão solene em comemoração ao centenário do clube, fundado em 14 de abril de 1912.  Em 10 de abril de 2012, o plenário da Casa homenageou o Santos Futebol Clube.

Na mesma linha atuou o atual prefeito de Praia Grande (SP), Alberto Mourão (PSDB), quando ainda estava na Câmara. Em 11 de dezembro de 2011, Mourão apresentou requerimento por conta do centenário do Santos. Onze dias depois, o time sofria uma goleada e perdia o Mundial Interclubes para o mesmo Barcelona. Daquela vez, por quatro a zero.

Outro deputado que apresentou requerimento pelo centenário do clube foi Roberto Freire (PPS-SP), que é pernambucano, torcedor do Sport Clube do Recife e simpatizante da Associação Portuguesa de Desportos. Ele pediu sessão solene que destaca ter o Santos “grande responsabilidade pelo desenvolvimento da paixão nacional do brasileiro, o futebol”.

“Nesses cem anos de trajetória, o clube foi considerado o melhor do século das Américas pela Fifa, tendo em suas fileiras o atleta do século, Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, e consolidou-se como uma importante marca do futebol, conhecido nos quatro cantos do planeta. Homenagear o Santos Futebol Clube é homenagear o futebol mundial e todos aqueles que admiram esse esporte bretão, que ganhou ares de esporte brasileiro, devido também ao sucesso obtido pelo clube, dando ao nosso país a alcunha de ‘país do futebol’”, ressaltou.

Os requerimentos mais antigos em prol do Santos datam de 2002 e são de petistas. O atual ministro da Educação, Aloizio Mercadante, e Telma de Souza, que é deputada estadual em São Paulo, ambos santistas de nascimento e de clube, também deram uma força ao alvinegro praiano enquanto exerciam mandato na Câmara solicitando sessão solene para o clube.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!