Assista à sabatina no Senado de Luiz Fachin, indicado ao STF

Indicado pela presidenta Dilma, advogado enfrenta resistência de peemedebistas e parte da oposição

Professor de direito civil, Luiz Edson Fachin foi indicado pela presidenta Dilma para ocupar a vaga deixada no Supremo Tribunal Federal (STF) pelo ex-ministro Joaquim Barbosa, que se aposentou em julho do ano passado. Gaúcho, Fachin estudou e fez carreira profissional no Paraná. Professor titular da Universidade Federal do Paraná, fez mestrado e doutorado na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), pós-doutorado no Canadá e é pesquisador convidado do Instituto Max Planck, da Alemanha.

Clique aqui para assistir à sabatina de Luiz Edson Fachin na Comissão de Constituição e Justiça do Senado.

O nome de Fachin no entanto não é consensual na CCJ. Ao manifestar-se sobre sua indicação, o senador Ricardo Ferraço (PMDB-ES) apontou irregularidades, afirmando que o indicado exerceu advocacia privada quando era procurador do estado do Paraná, o que, no seu entendimento, contrariava a lei estadual. Em defesa do indicado, Alvaro Dias argumentou que Fachin tomou posse no cargo de procurador antes da entrada em vigor da Constituição estadual de 1989, não estando sujeito à proibição de advogar.

Com informações da Agência Senado

Mais sobre STF

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!