As mais lidas do Congresso em Foco em 2013

Quer saber como os deputados votaram a PEC 37 ou por que a Câmara rejeitou tornar a corrupção crime hediondo? Ou quer ver o misterioso vídeo do mensalão tucano? Veja as dez reportagens mais lidas do site

O Congresso em Foco publica a seguir a relação das dez reportagens do site mais lidas em 2013. Saiba também qual foi a mais “curtida” no Facebook, a mais retuitada e a mais comentada do ano. Clique no título para ler (ou reler) cada matéria:

AS DEZ MAIS LIDAS

Veja como os deputados votaram a PEC 37

No dia 25 de junho, a Câmara atendeu a um dos principais apelos das manifestações de rua e enterrou a chamada PEC 37, que retirava poderes de investigação do Ministério Público. A lista, com a posição de cada parlamentar na votação da PEC 37, foi a matéria mais lida pelos leitores do Congresso em Foco em 2013. Foi visualizada 176.135 vezes.

Hacker divulga dados de condenados no mensalão

Em 8 de janeiro, endereços, telefones e informações pessoais de José Dirceu, José Genoino e Delúbio Soares foram publicadas na internet por um hacker. Também foram divulgados dados pessoais de Carlinhos Cachoeira.  Foi a segunda matéria mais visualizada do ano: 176.123 vezes.

Câmara rejeitou corrupção como crime hediondo

O Congresso em Foco revelou, em 25 de junho, que a Câmara havia rejeitado, em duas oportunidades, proposta que tornava a corrupção crime hediondo. A medida foi anunciada pela presidenta Dilma Rousseff como resposta às manifestações de junho. Foi a reportagem do site mais curtida no Facebook (84 mil curtições) e a mais retuitada (1.034 vezes) no ano.

Conselho de igrejas quer saída de Feliciano da CDH

Em 10 de março, divulgamos a íntegra do manifesto de um grupo de igrejas que pedia a saída do deputado paulista do comando da Comissão de Direitos Humanos.

Vídeo: o misterioso adiamento do mensalão mineiro

No dia 26 de agosto, revelamos que, em duas sessões do ano passado, os ministros do Supremo ensaiaram julgar destino do processo cível do valerioduto tucano. Mas a ação, misteriosamente, saiu de pauta.

Comissão regulamenta eleição indireta de presidente da República

Em 6 de junho, uma comissão mista do Congresso aprovou a regulamentação do processo de eleição indireta nos casos previstos em Constituição.

Comissão aprova até dois anos de detenção para “gatonet”

No último dia 10, a Comissão de Ciência e Tecnologia do Senado aprovou projeto de lei que torna crime a interceptação ou receptação não autorizada de sinais de TV por assinatura. Se a proposta virar lei, quem fizer o chamado “gatonet” poderá ser punido com seis meses a dois anos de detenção.

Banco usa detetive armado para seguir cliente

Reportagem da Revista Congresso em Foco, reproduzida no site no dia 31 de março, mostra que investigador a serviço do Safra foi preso em flagrante com armas e munições após seguir funcionário de empresa que briga na Justiça contra o banco.

Justiça manda cobrar quase R$ 1 bi de filantrópicas

Instituições tradicionais como o Mackenzie, a Metodista e a PUC de Campinas estão entre as atingidas pela decisão da Justiça, que também revogou os certificados que lhes garantiam isenção de impostos, revelou o Congresso em Foco no dia 14 de maio.

Hospital compra oura para esconder lucro em Santa Catarina

A Advocacia-Geral da União tenta cancelar na Justiça o certificado filantrópico do Hospital Dona Helena, em Joinville (SC). A instituição é acusada de camuflar os recursos para não perder o certificado que garante isenção tributária até para importar equipamentos.

A MAIS COMENTADA DO ANO

Relator pede rejeição de nova maioridade penal

No dia 13 de maio, o Congresso em Foco antecipou que o relator da PEC que reduzia a maioridade penal, deputado Luiz Couto (PT-PB), rejeitou todas as propostas que tratavam do assunto na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara. Para ele, a mudança é inconstitucional. Foi a mais comentada pelos leitores: 919 comentários.

Não perca amanhã outras reportagens de destaque publicadas pelo Congresso em Foco em 2013. Vale a pena ler – de novo.

Nosso jornalismo precisa da sua assinatura

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!