Ao vivo: no Senado, a posse definitiva de Temer como presidente

Peemedebista estava interinamente no cargo desde 12 de maio, e agora assume o comando do país após afastamento definitivo de Dilma Rousseff da Presidência da República

Vice de Dilma, Michel Temer já assinou no Palácio do Planalto termo de posse da Presidência da República.

 

Peemedebista tem mandato-tampão a cumprir até 1º de janeiro de 2019, mas também pode ter o exercício da função interrompido pela Justiça em ação que corre no Tribunal Superior Eleitoral (saiba mais).

 

Mais sobre impeachment

Mais sobre crise brasileira

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!