Aécio ataca Dilma e Marina em lançamento de portal

“O Brasil não é para amadores”, fustigou o tucano

Depois do primeiro debate na TV reunindo presidenciáveis, candidatos saíram da defensiva e já começam a mudar o tom das declarações sobre adversários. Ao inaugurar nesta quarta (27), em São Paulo, o portal de voluntários de campanha chamado “Vamos Agir”, o senador tucano Aécio Neves aproveitou os holofotes do evento e não poupou as principais concorrentes – Dilma Rousseff (PT) e Marina Silva (PSB), ambas com maior percentual de intenções de voto do que ele, segundo pesquisa Ibope divulgada ontem (terça, 26).

E sobrou para Dilma a primeira estocada. “O Brasil não suporta mais quatro anos de um governo que perdeu a capacidade de reconhecer seus equívocos”, disse o tucano, para quem um governo que não detecta imperfeições não tem como saná-las e, consequentemente, almejar melhorias.

Aécio evitou falar sobre a ascensão de Marina, mas em seguida fez insinuações em relação à candidata. “Minha candidatura é a mudança segura, preparada com quadros extremamente qualificados para o desafio do Brasil. E o Brasil não é para amadores. A complexidade dos problemas que temos pela frente demanda experiência”, fustigou o tucano.

Segundo o Ibope, Aécio aparece em terceiro lugar na corrida presidencial, com 19%. Dilma continua na liderança no primeiro turno, com 34%, mas perde para Marina no segundo turno – esta, por sua vez, já tem 29% das intenções de voto. Na segunda rodada de votação, se a eleição fosse hoje, Marina teria 45% dos votos e Dilma, 36%.

Veja também:

Marina venceria Dilma no segundo turno, diz Ibope

Com 21% das intenções de voto, Marina empata com Aécio, aponta Datafolha

Mais sobre eleições 2014

Assine a Revista Congresso em Foco

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!