Sinal amarelo – PR

Lista dos candidatos do Paraná que se enquadram em pelo menos uma das situações abaixo:
- Foram barrados pela Lei da Ficha Limpa;
- São réus em ações penais;
- Foram denunciados como integrantes do esquema dos sanguessugas
-Tiveram parecer pela cassação nos conselhos de Ética da Câmara ou Senado
- Foram presos em ações das polícias Civil e Federal:

1- Abelardo Lupion (DEM) – candidato a deputado federal – réu na Ação Penal 425 (Crime eleitoral. Data de autuação: 03/05/2007)
O que diz o deputado em sua defesa:
“Sobre o assunto em questão, informamos que durante cinco mandatos seguidos tivemos um único processo no STF. Este em questão. Trata-se de inexatidão na prestação de contas da campanha de 1998, considerada correta pela Justiça Eleitoral do Paraná, mas questionada pelo Ministério Público. Daí o processo.
Em nossa defesa, antes de comprovar a exatidão de nossa prestação de contas, temos insistido para que o processo seja julgado o mais rápido possível, certos de nossa razão. Porém, a Justiça é morosa, e nos causa este transtorno há alguns anos. Importante que o seu leitor seja informado, que constitucionalmente, o parlamentar é obrigado a ser julgado pelo Supremo Tribunal Federal, como única e  última instância, que, como é sabido, é um tribunal lento pela grande quantidade de ações que nele desembocam. Isto, impede que o Parlamentar encerre um processo rapidamente, em 1ª instância, muito mais célere.
É o que ocorre com o presente processo, onde uma simples discussão sobre prestação de contas, da campanha de 1998, após 12 anos, ainda está pendente.
Colocando-nos à disposição, firmamos. Atenciosamente, Abelardo Lupion”
2- Alessandro Meneguel (DEM) – candidato a deputado estadual - barrado com base na Lei da Ficha Limpa

3- Antônio Casemiro Belinati (PP) – candidato a deputado estadual - barrado com base na Lei da Ficha Limpa


4- Antônio Ricardo dos Santos (PP) – candidato a deputado federal - barrado com base na Lei da Ficha Limpa


5- Carlos Roberto Scarpelini (PP) – candidato a deputado federal - barrado com base na Lei da Ficha Limpa


6- Dilceu Sperafico (PP) – candidato a deputado federal – réu na Ação Penal 464 (Apropriação indébita. Data de autuação: 02/10/2007)


7- Erivan Passos da Silva (PRTB) – candidato a deputado estadual - barrado com base na Lei da Ficha Limpa


8- Fernando Giacobo (PR) – candidato a deputado federal – réu na Ação Penal 345 (Formação de quadrilha, falsidade ideológica e crime contra a ordem tributária (c/parecer da PGR pela extinção da punibilidade). Data de autuação: 22/08/2003


9- Iris Simões (PR) - candidato a deputado federal (indeferido). Foi um dos deputados denunciados pela CPI dos Sanguessugas. Responde ao processo 11890-88.2007.4.01.3600 na Justiça Federal de Mato Grosso pelos crimes de quadrilha ou bando, corrupção passiva e lavagem de dinheiro. O empresário Luiz Antônio Vedoin disse ter pagado R$ 216,89 mil ao deputado Íris Simões entre 2001 e 2003 como comissão por emendas do parlamentar executadas. Ele diz que os valores eram depositados na conta de assessores do deputado. Vedoin afirma que o próprio Íris acertava com os prefeitos os detalhes das fraudes nas licitações. Em sua defesa à Câmara, o ex-deputado diz que as denúncias não se referem a ele concretamente. Iris "jamais se beneficiou com a venda de ambulâncias obtendo vantagens para si ou para outrem", segundo seus advogados.
A reportagem do Congresso em Foco deixou recado no comitê de campanha de Íris. O celular do candidato não atendeu. O site deixou uma mensagem no telefone particular de Íris. Não houve retorno.


10- Luiz Carlos Setim (DEM) – candidato a deputado federal – réu na Ação Penal 527 (Crime contra a Lei de licitações. Data de autuação: 23/02/2010)


11- Luiz Pereira (Padre Luizinho-PSB) – candidato a deputado estadual - barrado com base na Lei da Ficha Limpa


12- Nilton Servo (PRB) – candidato a deputado estadual - preso em 2009 na Operação Bituca , acusado de chefiar uma organização criminosa no noroeste do Paraná envolvida com contrabando e descaminho de cigarros do Paraguai. Doze pessoas foram presas.


Veja ainda:

Outros estados

Ajude a limpar a política

Participe do Prêmio Congresso em Foco

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!