Maguito Vilela, que lidera em Goiânia, é entubado por causa da covid-19

Líder nas pesquisas e na apuração para a prefeitura de Goiânia, o ex-governador Maguito Vilela (MDB) voltou a ser entubado neste domingo (15) no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde está internado. A equipe médica optou pela ventilação mecânica invasiva para fazer uma broncoscopia no candidato de 71 anos.

Com covid-19, candidato a prefeito de Goiânia é internado no Einstein

"Na manhã deste domingo os exames complementares do Maguito Vilela revelaram aumento na inflamação pulmonar, e para esclarecermos a causa, a equipe médica decidiu realizar uma broncoscopia, que é uma endoscopia dos pulmões. Para a segurança do próprio Maguito, esse procedimento foi realizado sob sedação, e analgesia, e ele foi entubado. O procedimento transcorreu-se sem nenhuma complicação. O material foi colhido e encaminhado para análise, e até que seja feita a análise, ele deverá permanecer sedado, entubado e em ventilação mecânica invasiva", informou o médico dele, Marcelo Rabahi. O quadro dele é estável, segundo o boletim médico.

Maguito foi diagnosticado com covid-19 em 20 de outubro. Depois de ficar internado os primeiros dias em Goiânia, ele foi transferido para São Paulo. O ex-senador teve 75% de inflamação nos pulmões, o que o levou a ser entubado pela primeira vez no dia 30.

O ex-governador lidera a disputa em Goiânia com 34,70% contra 25,79% do senador Vanderlan Cardoso (PP), no momento em que a apuração está em 17%. A tendência é que os dois concorram no segundo turno. Assim como no primeiro turno, Maguito deve ficar fora da campanha por causa da covid-19.

Mais sobre eleições 2020

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!