Candidata de Bolsonaro, Wal do Açaí consegue apenas 266 votos em Angra

Walderice Santos da Conceição, conhecida como ‘Wal do Açaí’(Republicanos) e investigada por ter sido funcionária fantasma no período em que assessorou Jair Bolsonaro, não conseguiu se eleger vereadora por Angra dos Reis (RJ). Ela recebeu apenas 266 votos, enquanto Rubinho Metalúrgico (Cidadania), primeiro eleito entre os vereadores na cidade, teve 2.615 votos.

Wal recebeu apoio do presidente durante a campanha. Em suas lives semanais Bolsonaro fez propaganda da candidata e pediu votos para ela. “Obrigação minha, pelos excelentes serviços que ela prestou para mim na região... O deputado pode ter servidor comissionado em qualquer local do seu estado, não é apenas na capital, e também aqui em Brasília”, disse Bolsonaro. “Quem puder votar na Wal em Angra dos Reis, eu agradeço aí”, disse há dez dias.

Wal constou nos registros da Câmara como assessora parlamentar do presidente no período em que ele era deputado federal. No Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ela registrou sua candidatura para vereadora em Angra dos Reis (RJ) como ‘Wal Bolsonaro’.

Na eleição de hoje, Angra elegeu Fernando Jordão (MDB) para a prefeitura na coligação com PL, Cidadania, MDB, Republicanos, PSC, PTC, POdemos, PSDB, Patriota e Pros. Ele teve 45.172 votos 52,66%.

> Eduardo Paes e Marcelo Crivella vão ao 2º turno no Rio de Janeiro

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!