Dilma irá retomar contratações dos servidores em 2012

Gasto em 2012 será de R$ 1,6 bilhão, pois as contratações serão feitas ao longo do ano

Por conta do corte de R$ 50 bilhões no Orçamento, Dilma Rousseff suspendeu os concursos. Porém, segundo matéria publicada nesta segunda-feira (19), no site do jornal Valor Econômico, a presidenta vai retomar as contratações dos servidores em 2012.  Estão previstos 54.724 novos funcionários no próximo ano.

São 33.568 futuras vagas na área de educação. De acordo com o planejamento do governo, até 2014 o Ministério da Educação (MEC) poderá chegar a contratar 94.032 servidores para os cargos de professores e técnicos administrativos.

Ainda conforme matéria do Valor Econômico, do total de oportunidades, 18.905 são destinadas a preencher chances em aberto e para substituir terceirizados. Entretanto, parte das contratações será para o preenchimento de novos cargos e funções previstas em 21 projetos de lei - sete de Dilma e os outros 14 de Lula - que foram encaminhados pelo Executivo ao Congresso Nacional e que estão em tramitação. Além desses, há no no Congresso 46 PLs, que se forem sancionadas abrirão mais 111.784 vagas para o Judiciário, Legislativo, Executivo e   Ministério Público da União.

Interessados em seguir carreira militar poderão concorrer às 1.366 vagas que o governo programa para a área. Mas quem almeja trabalhar no Ministério do Desenvolvimento, Ministério da Saúde e Polícia Federal poderá concorrer às 2.091 vagas que os órgãos juntos oferecerão.

De acordo com o informações do Valor Econômico, se todas as 54.724 contratações forem feitas no próximo ano, a despesa anual com a folha de salários do governo federal subirá R$ 3,2 bilhões. O gasto em 2012, no entanto, será de R$ 1,6 bilhão, pois as contratações serão feitas ao longo do ano, o que reduzirá a despesa.

 

Saiba mais sobre concursos públicos no site SOS Concurseiro

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!