Maia defende Marinho: “Fundamental para os projetos do governo”

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), saiu em defesa do secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho. Ele afirmou que, ao contrário do que dizem alguns críticos, Marinho não está isolado na articulação política e é uma peça fundamental na aprovação de "matérias fundamentais" para o Brasil.

> Fatiamento da reforma administrativa dificulta reação dos servidores

"Ele continua tendo total confiança da Câmara para a construção da nossa pauta por meio do diálogo. E, principalmente, continuamos contando com ele no ano de 2020. A participação do Rogério Marinho será fundamental para a aprovação de projetos de interesse do governo", afirmou Rodrigo Maia no Twitter na noite deste domingo (19).

Como prova de que o secretário "tem colaborado de forma decisiva na aprovação de matérias fundamentais para o futuro do nosso Brasil", Maia lembrou que Marinho contribuiu com a aprovação da reforma trabalhista, ainda como deputado, e posteriormente com a aprovação da reforma da Previdência, já como secretário. "Sem a sua dedicação e talento não teríamos avançado tanto", elogiou o presidente da Câmara.

Os críticos, contudo, reclamam justamente da atuação de Marinho no cenário pós-Previdência. É que o secretário foi um dos responsáveis pela MP do Contrato Verde e Amarelo. A medida provisória promete inserir os jovens no mercado de trabalho, mas tem sido contestada porque também muda leis trabalhistas e propõe a taxação do seguro-desemprego.

> Contrato de Trabalho Verde e Amarelo ganha regras complementares

> Datafolha: 88% defendem demissão dos “maus servidores”

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!